Notícias

Instagram não protege dados de menores e é multado em 405 milhões de euros

O Instagram está sendo multado em 405 milhões de euros por permitir que dados de pessoas menores de idade fiquem expostos livremente em sua plataforma.

3 min de leitura
07 Set 2022 - 14h42 | Atualizado em 07 Set 2022 - 14h42

O Instagram recebeu uma multa de 405 milhões de euros por violar a privacidade de pessoas menores de idade. A multa foi anunciada por um regulador irlândes que representa a União Europeia, segundo ele a rede social apresentou falhas correspondentes ao tratamento de dados pessoais de indivíduos menores de 18 anos, e por isso teve que ser multada.

O regulador irlândes que anunciou a multa, havia aberto um processo de investigação contra o Instagram no final de 2020 para verificar se a plataforma tinha todas as barreiras que protegem os dados do usuário em funcionamento, especialmente as barreiras destinadas para as pessoas menores de idade, pois é preciso maior de 13 anos para conseguir criar uma conta no Instagram. Além disso, ele também acusa a rede social de, por uma falha, deixar explícito o conteúdo publicado por menores para todo mundo e de não restringir os seguidores das contas de menores.


Criança usando o celular (Foto: Reprodução/R7)


Um porta-voz da Meta, empresa dona do Instagram, disse em entrevista ao canal RTE, que o grupo vai recorrer da decisão, pois a alegação foi baseada em aspectos que já foram resolvidos pela plataforma há um ano.

A Comissão de Proteção de Dados da Irlanda (DPC) é a instituição responsável por supervisionar a Meta na União Europeia. Segundo ela, uma de suas maiores preocupações era a facilidade com a qual menores de 18 anos podiam abrir uma conta profissional na plataforma, pois esse tipo de conta exige que o usuário torne seus dados pessoais públicos a todos os outros membros da rede social.

A multa de 405 milhões de euros foi a mais cara recebida por uma rede social desde 2018, quando o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD) concedeu mais poder aos reguladores para proteger seus consumidores no momento de dominação do Facebook, Apple, Google e Twitter. 

 

Foto destaque: Reprodução/Thomas White/Reuters

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo