Insônia: 3 formas para dormir bem

Publicado 24 de Dec de 2020 às 13:01

Uma das maiores questões da sociedade moderna, e principalmente nesse momento de pandemia, é a dificuldade de dormir. E, nesse sentido é muito grande a busca de pessoas por modos de como tratar a insônia. Muitas recorrem ao consumo de chás, óleos, entre outros métodos.

Embora seja algo muito corriqueiro, isso não é motivo para não se preocupar com essa situação. Essa anomalia pode atrapalhar demais o seu dia-a-dia, especialmente pensando na rotina. Mas afinal, o que é INSONIA?

Se você acha que insônia é somente uma dificuldade para dormir, está enganado. Vai muito além disso. A maioria dos casos de insônia está relacionada a maus hábitos de sono, depressão, ansiedade, falta de exercícios físicos, doença crônica ou certos medicamentos.

Existem três tipos de insônia:

►  Insônia Inicial: é aquela dificuldade para pegar no sono mesmo quando a pessoa está cansada, muitas vezes associada a sintomas de ansiedade como, por exemplo: “meus pensamentos não param”; “minha mente não para de pensar”;

►  Fragmentação do sono: é aquele sono - muitas vezes leve - que cursa com vários despertares espontâneos ou provocados (por barulhos, por exemplo)

►  Insônia Terminal: é aquela que a pessoa desperta de madrugada e não consegue ou demora muito para voltar a dormir. A Insônia Terminal é muito comum nos quadros depressivos.


Insônia, dormir mal, sono, dormir bem, saúde, bem-estarA insônia pode causar diversos problemas de saúde. (Foto: Reprodução/Pixabay)


Como tratar a insônia?

O tratamento para a insônia consiste na melhoria dos hábitos de sono, na terapia comportamental e na identificação e controle das causas subjacentes. Também é possível usar pílulas para dormir, mas seus efeitos colaterais devem ser monitorados.

A insônia é reduzida a um distúrbio simples, mas pode apresentar diversos níveis dentro da sociedade. Para um melhor diagnóstico, o ideal é consultar um médico que possa orientar para o melhor tratamento disponível. De qualquer forma, algumas práticas podem ajudar quando o assunto é como tratar a insônia. Vamos ver algumas delas a partir de agora.

Relaxamento e meditação

Boa parte dos problemas de insônia são relacionados ao estresse. É por isso, aliás, que os quadros se acentuaram dentro dos últimos anos, em um momento em que a população vive conectada e ansiosa por resultados.

Nesse sentido, o relaxamento surge como grande aliado de como tratar a insônia. É o caso, por exemplo, do relaxamento muscular cuja função é reduzir a tensão do corpo. Outra técnica muito utilizada é da meditação com finalidade semelhante: mudar o foco da pessoa que sofre com o distúrbio e permitir a redução da ansiedade.

Mudanças na rotina

Outra forma de como tratar a insônia é trabalhar a sua rotina. Como já vimos, o estresse é um grande inimigo e, nesse caso, um bom planejamento do dia-a-dia ajuda a reduzi-lo.

Além disso, pessoas sedentárias têm tendência a apresentar maiores sintomas da dificuldade em dormir. Se você não tem o hábito da prática esportiva, vale revisar esse aspecto pensando não apenas no sono, mas também na qualidade de vida.


Atividade, físico, insônia, atividades físicasHábitos saudáveis, incluindo exercícios físicos, são excelentes contra a insônia. (Foto: Reprodução/Pexels)


Alimentação

Por fim, podemos citar ainda a alimentação. Como já diz o ditado: você é o que você come. Uma alimentação saudável tem muito a contribuir com uma maior qualidade do seu sono. Alguns alimentos podem ajudar mais a busca de como tratar a insônia. Os óleos essenciais da DO TERRA, por exemplo, são perfeitos para essa necessidade. É o caso Lavanda, Serena e outros que possuem propriedades que contribuem com a melhora do sono.

Portanto, se você sofre com insônia, pode utilizar dessas alternativas para tentar melhorar a sua condição. De qualquer forma, não deixe de visitar um médico para um diagnóstico mais concreto.

 

(Foto destaque: Insônia pode trazer incômodo e alguns problemas de saúde. Foto: Reprodução/Pexels)

 

Deixe um comentário