Moda

Impacto ambiental que a indústria da moda gera

Muitas marcas renomadas estão com campanhas ou produções totalmente voltadas em pró do 'Eco-friendly', ou seja amigos do meio ambiente. Algumas delas estão disponíveis no Brasil

3 min de leitura
17 Fev 2022 - 17h50 | Atualizado em 17 Fev 2022 - 17h50

Hoje, o mercado da moda é um dos principais tópicos quando se fala de descarte. Essa é uma indústria que produz mais do que o necessário, fazendo com que todo esse produto em excesso, acabe parando em lixões, ou sendo descartado através de queimadas, outro fator notório que prejudica muito o planeta.

O projeto de lei foi alterado, e agora a legislação atual da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305, de 2010) garante o descarte adequado em respeito ao meio ambiente. Portanto, O resultado da incineração do lixo produzido deve seguir para uso na agricultura, indústria química, ou na construção civil. O Brasil tem se empenhado em acabar com os lixões pelo País, desde o ano de 2019, autoridades conseguiram fechar cerca de 601 lixões, mas ainda tem cerca de quase 3 mil ativos.

Segundo dados, a indústria da moda sozinha é responsável por cerca de mais ou menos 8% a 10% do gás carbônico gerado na Atmosfera. Uma nova onda de 'Fast Fashion' vem aumentando, esse termo se dá a fabricação de grandes quantidades de uma única peça. Peças essas que não são da melhor qualidade pela pressa que foram fabricadas, logo são mais baratas. E, por não terem uma longa durabilidade, logo elas deixam de ser usadas e são descartadas, fazendo com que comprem mais, e o ciclo se repita sem fim.

Para ficar mais visível, irei pôr dados comprovados. São gastos cerca de 2.720 litros d'água na produção de uma única camiseta branca. É estimado que mais de 26 bilhões de toneladas de roupas anualmente serão descartadas em aterros sanitários no mundo. 

Por isso entra a importância de Brechós, eles são responsáveis por diminuir o alto consumo com novas peças, e façam com que as que já não tinham uso para alguém não pare no lixo, e sim ganhe outro destino útil.  Algumas marcas consagradas no mercado tem investido em produções biodegradáveis, como a Melissa.


Melissa lança biquínis biodegradáveis (Foto: Reprodução/Melissa)


Melissa lança biquínis biodegradáveis (Foto: Reprodução/Melissa)


Melissa lança biquínis biodegradáveis (Foto: Reprodução/Melissa)


Essas marcas renomadas estão com campanhas ou produções totalmente voltadas em pró do 'Eco-friendly', ou seja amigos do meio ambiente. Algumas delas estão no Brasil, como a: Lo Loba, King 55, Renata Buzzo, e Vegano shoes.

Algumas das produtoras mais famosas, e que são referências na moda sustentável, são: Global Organic Textile Standard (GOTS), e Naturtextil IVN Certified. Caso esteja na dúvida, procure por um selo indicado como aquela peça foi produzida.

 

Foto Destaque: Selo de etiqueta para peça sustentável. Reprodução/ Insider Store - Blog 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo