Arquitetura

Idea!Zarvos investe na conexão com a natureza em suas obras

O conceito de biofilia, bastante em voga nos últimos tempos, tem resgatado a integração entre o homem e a natureza, perdido com o passar dos anos nos arranha-céus de São Paulo. Veja na matéria como a Idea!Zarvos tem inovado nisso!

3 min de leitura
01 Jul 2021 - 13h00 | Atulizado em 01 Jul 2021 - 13h00

O conceito de biofilia, bastante em voga nos últimos tempos, tem resgatado a integração entre o homem e a natureza, perdido com o passar dos anos nos arranha-céus de São Paulo. Aplicada em projetos residenciais, coorporativos e até mesmo em espaços públicos, a arquitetura biofílica está cada vez mais presente, particularmente nos edifícios que buscam integrar características naturais, como luz ventilação e vegetação.

A combinação desses elementos, gera sensação de acolhimento por meio da percepção olfativa, tátil, visual e sonora desenvolvendo uma relação de pertencimento ao indivíduo.


Arquitetura biofílica. (Foto:Reprodução/Acervo Pessoal)


Há 15 anos, a Idea!Zarvos incorpora à cidade projetos únicos, com estética diferente dos padrões repetitivos e com alto potencial de valorização, e não somente há a preocupação em construir. “Pensamos no todo, desde a escolha do profissional que assina o prédio, passando pelos cuidados com o entorno por meio de ações de gentileza urbana, até a valorização do bairro e fomento da economia local”, explica Otavio Zarvos, sócio fundador da Idea!Zarvos.


Interior do edifício. (Foto:Reprodução/Acervo Pessoal)


O próximo lançamento da incorporadora, o Floresta, está situado em um dos bairros mais bucólicos da Metrópole, a Vila Ipojuca e conta com soluções de melhor aproveitamento dos espaços e convívio com o verde. “ Estar próximo à natureza hoje em dia é uma das principais premissas para as famílias que buscam pela aquisição de um imóvel.

Investimos no paisagismo com propósito e envolvemos profissionais que estão alinhados com nossas ideias, como Rodrigo Oliveira, um dos paisagistas mais gabaritados do mercado. Ele incluiu a arquitetura biofílica dentro e fora do Floresta, de maneira criativa e genuína”, complementa Zarvos.



Idealizado pelo trio de arquitetos do escritório MMBB Arquitetura e Urbanismo - reconhecido por sua atuação através de diversos prêmios nacionais e internacional – o Floresta conta com duas torres paralelas, posicionadas há 15 metros de distância uma da outra, de forma a criar um grande jardim central, além disso, houve o cuidado para que as unidades tivessem amplas janelas permitindo a entrada de muita luz, incluído luz solar e ventilação natural – soluções naturais que integram a natureza a construção e diminuem o consumo de energia elétrica.


Projeto Corujas, prédio Comercial. (Foto:Reprodução/Acervo Pessoal)


Em 15 anos já são 32 prédios entregues pela IdealZarvos 10 em obras e 5 lançamentos. Airbnb, Nubank, Quinto Andar e outras dezenas de empresas de economia criativa escolheram edifícios Idea!Zarvos para abrigar seus escritórios. A breve história da Idea!Zarvos comprova que é possível pensar diferente e investir em arquitetura autoral. Todos os edifícios assinados pela incorporadora carregam uma proposta de melhorar o entorno imediato e tornar os bairros mais diversos.

 

Foto destaque: 

Deixe um comentário