Notícias

Herdeira de multinacional rejeita herança de 21 bilhões de reais

Marlene Engelhorn disse que não será feliz com dinheiro que receberá de herança, a austríaca é defensora do aumento de impostos para as pessoas mais ricas.

3 min de leitura
10 Ago 2022 - 21h20 | Atualizado em 10 Ago 2022 - 21h20

A austríaca, Marlene Engelhorn, de 30 anos de idade, vem tomando conta dos noticiários internacionais após afirmar publicamente que abrirá mão de 90% de sua parte na herança da família. Marlene é herdeira da empresa química multinacional BASF.

A empresa BASF, foi fundada em 1865 por Friedrich Engelhorn, de quem Marlene é descendente. De acordo a revista Forbes, o patrimônio da família é estipulado em aproximadamente 4,2 bilhões de dólares. Quando foi perguntada sobre a razão de querer abrir mão de uma quantia tão alta, Marlene disse que não trabalhou um dia sequer para ganhar esse dinheiro.

“Minha avó me deu uma enorme liberdade de ação, que agora eu gostaria de usar para abrir um debate público. Não trabalhei um dia pelo dinheiro e não pago um centavo de imposto para recebê-lo”.


Marlene Engelhorn disse não merecer herança de família "não trabalhei pra isso" (Foto:Reprodução/Getty Imagens)


O anúncio público de Marlene, veio após a sua avó, Traudl Engelhorn-Vechiatto, de 95 anos informar à família qual seria o destino da herança. E ao saber do valor de sua parte, a herdeira disse que não seria feliz com esse dinheiro.

“Quando o anúncio foi feito (que receberia o dinheiro) eu percebi que não seria realmente feliz. Pensei logo que algo está errado”.

Em recente entrevista ao portal austríaco ‘Der Standard’ ela declarou que o fato de doar sua herança, tem relação à questão de justiça e não apenas de vontade.

A herdeira bilionária estuda alemão na Universidade de Viena e trabalha em uma organização filantrópica, a ‘Guerrilla Foudation’, localizada na Alemanha, na cidade de Berlim.

Marlene faz parte do movimento ‘Tax me now’ (Taxe-me agora), movimento formado por herdeiros que defendem o aumento de impostos para pessoas mais ricas.

“Nas nossas sociedades, a riqueza individual está estruturalmente ligada à pobreza coletiva”, disse Marlene.

 

Foto destaque: Moeda americana Foto: Reprodução/Brett Hondow/Pixabay.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo