Notícias

Greve de pilotos e comissários chega ao fim

Após um acordo, greve de pilotos e comissários de bordo chegou ao fim neste domingo (25), mas representantes do Sindicato Nacional dos Aeronautas revelaram ser apenas um começo das suas reivindicações.

3 min de leitura
26 Dez 2022 - 08h00 | Atualizado em 26 Dez 2022 - 08h00

Com 70,11% de 5.834 votos, pilotos e comissários de bordo decidiram neste domingo (25) pelo encerramento da grave. Segundo o Sindicado Nacional dos Aeronautas, foi a paralisação mais longa da categoria.

Os protestos começaram na segunda-feira (19), e acontecia entre as 6h às 8h. Os aeroportos que aderiram à greve foram o de Congonhas (São Paulo), Guarulhos (São Paulo), Galeão (Rio de Janeiro), Viracopos (Campinas), Santos Dumont (Rio de Janeiro), Confins (Belo Horizonte), Porto Alegre, Fortaleza e Brasília.


Segundo o Sindicato Nacional dos Aeronautas, esta foi a paralisação mais longa da categoria na história. José Cruz/Agência Brasil


Na sexta-feira (23) a greve foi paralisada para discussão sobre a proposta feita.

Entre os pontos que foram aprovados na votação estão o reajuste de 1% de INPC, subindo o total para 6,97%; adoção de um prazo de até 4 horas nas escalas, com multa de R$ 500 das empresas caso passe deste prazo, mas com aumento para 12 horas caso o atraso seja pelas condições meteorológicas e manutenções não programas; possibilidade de programas o início das férias em qualquer dia da semana, antes era seguido a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a qual proibia que as férias comecem nos finais de semana; programação do horário de início de folgas.

Henrique Hacklaender, presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, agradeceu aos aeronautas que participaram da manifestação, e considerou o acordo uma vitória, onde eles conseguiram uma renovação e melhorias financeiras e socais, mas ressaltou que é apenas o começo, dizendo que eles precisam prestar atenção na quantidade de denúncias e reclamações para que mudanças e melhorias sejam deitas.

Carlos Eduardo Monteiro, diretor do Sindicato Nacional dos Aeronautas, disse à Reuters que a categoria merece mais do que lhe ofertado, mas que decidiram dar um passo atrás na negociação. Ele também afirmou que devido ao sacrifício que a categoria fez durante os anos de pandemia, eles esperavam que as empresas fizessem mais por eles.

 

Foto em destaque: Aeronautas param greve, mas ainda não estão satisfeitos com as mudanças. Sindicato Nacional dos Aeronautas/Flickr

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo