Beleza

Gravidez e skincare: saiba tudo sobre os cuidados e produtos para essa fase

Na gravidez, é necessário mudanças na rotina de skincare. Uma especialista irá nos explicar quais são os riscos, os cuidados, os produtos indicados e proibidos para essa fase.

3 min de leitura
09 Set 2021 - 19h01 | Atulizado em 09 Set 2021 - 19h01

Na gestação, é possível encontrar muitas mudanças na pele. Com os hormônios extras no organismo, a acne se torna mais acentuada, e com a transformação do corpo, as estrias começam a aparecer. Portanto, é preciso modificar e intensificar os cuidados com a pele. Consultar com um dermatologista é essencial pois os produtos e cosméticos utilizados anteriormente podem representar um risco nessa nova fase. A dermatologista Carla Albuquerque, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, dará algumas dicas importantes para você adaptar a rotina de autocuidados durante a gravidez.


Cuidados com a pele na gravidez (Foto:Reprodução/Mutari) 


Segundo a médica, as principais modificações da pele durante a gestação é a tendência a maior pigmentação da pele, ao surgimento de estrias, à formação de vasinhos e o agravamento da celulite. A hiperpigmentação atinge por volta de 90% das grávidas, e podem ocorrer nos mamilos, aréolas, axilas, pescoço, parte interna da coxa, mas a área mais acometida é o escurecimento da linha nigra no abdômen. Já o temível melasma, afeta entre 50% e 75% das gestantes a partir do segundo trimestre.

Para evitar o surgimento das estrias, a dermatologista explica: “É importante controlar o peso, de forma e com orientação, adotando uma alimentação balanceada e a prática de atividade física desde que permitida pelo médico. Também deve-se hidratar a pele diariamente com produtos indicados pela ginecologista ou pela dermatologista e, por último, se possível, controlar o edema fazendo drenagens linfáticas regulares com um profissional qualificado.”

https://lorena.r7.com/post/Lancamento-da-linha-de-maquiagem-da-serie-Sex-Education

https://lorena.r7.com/post/Gol-e-sentenciada-a-custear-maquiagem-e-procedimentos-esteticos-das-funcionarias

https://lorena.r7.com/post/Grupo-Boticario-banira-materias-primas-de-origem-animal-ate-2025


No período de gestação, a maioria dos procedimentos dermatológicos devem ser interrompidos, exceto a drenagem linfática, limpeza de pele e o peeling de cristal, que são permitidos após a décima terceira semana de gestação, e somente com a autorização do ginecologista.

Há alguns ativos que podem favorecer a pele durante a gestação, como: óleo de rosa mosqueta, óleo de semente de uva, elastina, vitamina E, glicerina, centella asiática e manteiga de Karité. E com relação aos produtos proibidos, recomenda-se evitar o uso de qualquer dermocosmético que contenha ácido, hidroquinona e ureia.

 

(Foto destaque:Gravidez e skincare: saiba tudo sobre os cuidados e produtos para essa fase.Reprodução/Shutterstock) 

Deixe um comentário