Moda

Grandes joalherias cortam relação com órgão do setor devido à Rússia

O conglomerado suíço Richemont, detentor de marcas como Mont Blanc, Van Cleef & Arpels e Cartier, decidiu deixar o Conselho de Joalheria Responsável após a recusa do órgão em se posicionar ativamente contra a invasão russa

3 min de leitura
07 Abr 2022 - 13h00 | Atualizado em 07 Abr 2022 - 13h00

A agência britânica Reuters divulgou na última quarta-feira (30), que o conglomerado suíço Richemont, detentor de marcas como Mont Blanc, Van Cleef & Arpels e Cartier, deixou o Conselho de Joalheria Responsável (RJC). A decisão foi tomada depois que o órgão se recusou a se posicionar contra a invasão da Rússia na Ucrânia. 

“Não faz parte dos nossos valores integrar uma organização na qual alguns membros estão apoiando conflitos e guerras”, afirmou Cyrille Vigneron, CEO e presidente da Cartier, grife francesa de objetos de luxo. 

A participação da Alrosa, estatal russa que optou por sair voluntariamente da organização no início deste mês, estava causando insatisfação entre os membros do Conselho. Sergei Ivanov, presidente da empresa de mineração de diamantes, foi definido pela inteligência dos EUA como um dos principais aliados do presidente Vladimir Putin, informou a Reuters. 


Relógio da Cartier (Foto: Reprodução/ Instagram)


David A. Bouffard, presidente do Conselho de Joalheria Responsável, disse em comunicado à agência de notícias que a saída da Alrosa do órgão já era considerada uma possibilidade desde o começo do conflito entre Rússia e Ucrânia. Entretanto, era considerado um agravante o fato da estatal russa ser a maior produtora de diamantes do mundo.

Apesar disso, os Estados Unidos e o Reino Unido decidiram impor sanções à empresa. Desde de 24 de fevereiro, o conglomerado Richemont interrompeu as compras de diamantes russos, além de suspender atividades como o comércio eletrônico no país. 

Ao longo dos últimos meses, as joias têm adquirido um status de moeda na Rússia. “Os russos ricos estão se voltando para joias e relógios de luxo, em uma tentativa de preservar o valor de suas economias”, disse a agência de notícias Bloomberg. 

No inícios de fevereiro, quando os países europeu começaram a se posicionar contra a invasão russa, impondo sanções econômicas ao país de Putin, grandes joalherias como a Bulgari, viram um crescimento significativo em suas vendas.

 

Foto destaque: Óculos da linha Cartier Eyewear. Reprodução/ Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo