Tech

Google emite atualização para novas ameaças

Recentemente a empresa Google emitiu uma notificação alertando sobre 37 vulnerabilidades encontradas no navegador, e, com nova atualização para reparar o problema, alguns usuários reclamam sobre inviabilidade do uso da plataforma.

3 min de leitura
12 Jan 2022 - 09h17 | Atualizado em 12 Jan 2022 - 09h17

Após um ano conturbado, registrado por recordes de ataques, o Google notifica aos – atuais – dois bilhões de usuários um aviso sério em sua primeira atualização no ano de 2022. Através de uma publicação no blog, a empresa informou sobre as 37 vulnerabilidades encontradas no sistema, sendo 10 delas consideradas ameaças de alto risco. Os usuários Linux, macOS e Windows foram todos afetados, porém, a empresa já possibilitou novas medidas para os usuários protegerem seus dados.

A empresa Google lançou uma nova atualização para combater as ameaças relatadas, mas, alguns relatos de usuários, mostraram que o sistema não estava funcionando para todas as plataformas. Os usuários de iOS informaram sobre a “inutilização” do Chrome após a atualização. As reinicializações e reinstalações não estão sendo suficientes para corrigir o problema, que, de acordo com os clientes, o navegador está travando poucos segundos após ser iniciado.


Mensagem de nova atualização (Foto: Reprodução/Forbes)


Para alguns usuários, o problema começou seguido da atualização no Chrome, quando fora lançada a versão 97. A versão foi direcionada para todas as plataformas, incluindo Linux, macOS e Windows, mas, para os clientes do iOS, as complicações parecem maiores. De acordo com alguns relatos, internautas conseguiram corrigir o erro ao limpar o cache do navegador, porém, em sua maioria, o navegador trava rapidamente ao tentar abrir as configurações. O esperado é que a Google repare a atualização em breve, e, enquanto uma nova nota não é emitida, o aconselhamento é para que os usuários de iPhone se mantenham afastados da versão 97 do Chrome.

A rota ‘Use-After-Free’ (UAF) tem recebido ataques há vários meses, e, desde setembro, mais de 50 vulnerabilidades foram registradas do UAF no Chrome. Essas vulnerabilidades são criadas a partir da falha no programa ao limpar o cache para a memória.

Para saber se o seu navegador já comporta a nova atualização, abra o Google Chrome e siga por Configurações > Ajuda > Sobre o Google Chrome. Caso o Chrome esteja listado com 97.0.4692.71 ou uma atualização superior, o seu navegador está em segurança.

Foto destaque: Google Chrome. Reprodução/elEconomista.es.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo