Empreender na Prática

Fintech, a nova startup financeira

Fintech é um termo usado para definir empresas que usam essa nova tecnologia de ponta para criar produtos financeiros totalmente digitais e inovadores.

3 min de leitura
06 Dez 2022 - 21h00 | Atualizado em 06 Dez 2022 - 21h00

A palavra fintech é uma abreviatura para a palavra financial technology (tecnologia financeira). É usada para se referir a startups ou companhias que desenvolvem produtos financeiros inteiramente digitais, nas quais o uso da tecnologia é o principal diferencial em relação a negócios tradicionais do setor. Nasceram com o intuito de reprogramar os serviços dos bancos tradicionais para tornar a relação com o dinheiro muito mais vantajosa, prática e econômica para o cliente. 

O número de empresas criando soluções inovadoras para o setor financeiro vem aumentando. Trata-se de uma novidade mundial de inovação que veio para transformar a relação das pessoas com o dinheiro. Para saber se é segura, verifique o CNPJ, razão social e regulamentação no site da Receita Federal.


Gráfico de uma Fintech (Foto: Reprodução/ Burak The Weekender/ Pexels)


A principal diferença é que a fintech pode atuar em áreas específicas do mercado financeiro, como financiamento coletivo ou negociação de dívidas, por exemplo. Já um banco digital tem como atributo outros tipos de atividades, como abertura de conta, transferências, extratos e etc. Graças à tecnologia, como as fintechs, que só operam no contexto digital, não precisam contar com grandes estruturas físicas.

É necessário ter boa comunicação, espírito de equipe e resiliência, algumas das características valorizadas pelas empresas do segmento. Procurar destacar projetos e conquistas que demonstram aptidões. Algumas de suas categorias são: Pagamentos, multisserviços, gestões financeiras, crédito, empréstimos, investimentos, seguros, câmbios, negociação de dívidas e financiamentos.

Mas as vantagens não param por aqui, já que os US$ 9,4 bilhões investidos em startups brasileiras no último ano, 40% foi destinado às fintechs. O volume segue crescente, pois o total captado no primeiro trimestre é 40,5% do valor captado em todo o ano de 2021, e praticamente o dobro em comparação com o período homólogo, segundo o fintech Report 2022. 

Se está se perguntando quem gerencia as Fintechs, é o Banco Central, em 2018, deu início a esse processo com a intenção de criar maior competitividade no setor, garantindo mais segurança jurídica às suas operações financeiras. Os benefícios fiscais previstos na Lei do Bem são expressivos, uma Fintech pode usufruir de uma economia fiscal líquida entre 20,4% a 36% sobre os dispêndios com pesquisa tecnológica e desenvolvimento de inovação tecnológica.

 

Foto destaque: Colegas discutindo a nova startup. Reprodução/RODNAE Productions/Pexels

 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo