Notícias

Faxineira agredida enquanto trabalhava em bairro de luxo de BH presta depoimento

O crime aconteceu na sexta-feira (16) e a agressão foi totalmente registrada pelas câmeras de monitoramento da região. A mulher machucou o joelho com a queda provocada pelo homem

3 min de leitura
19 Set 2022 - 21h42 | Atualizado em 19 Set 2022 - 21h42

Após ser agredida por um homem enquanto lavava uma calçada em bairro de luxo em Belo Horizonte, a faxineira Lenirge Alves de Lima (50) prestou depoimento nesta segunda-feira de manhã na 2ª Delegacia de Polícia Civil Centro contra o suspeito identificado. A abertura do processo de representação legal contra o rapaz, declarando em entrevista ao G1 que vai lutar para que o covarde que a agrediu na última sexta-feira (16).

Imagens de câmeras de segurança registraram a agressão e permitiram que a polícia que identificasse o agressor do caso. A mulher teve a mangueira tirada das mãos, agredida com a própria água e ainda jogada no chão pelo homem que transitava com um cachorro. 


Homem sufocou a mulher ao direcionar o bico de pressão da mangueira ao seu rosto. (Foto: Reprodução/G1)


A trabalhadora disse que ele proferiu xingamentos porque afirmou a ela que estaria “causando desperdício de água”. Assim que comentou o caso com trabalhadores do condomínio onde trabalha, ela foi orientada a abrir um boletim de ocorrência.

Na mesma entrevista ao G1 ela disse que o homem não tem histórico de outros crimes. Para depor, Lenirge foi acompanhada de um de seus filhos, e prestou esse depoimento à delegada Marina Cardoso Nascimento por mais de uma hora. Agora, o agressor será intimado e também deverá dar depoimento, posteriormente sendo ouvido em audiência criminal que poderá ser marcada ainda nesta segunda.

A faxineira disse ainda que nunca imaginou que passaria por essa situação, tendo que chegar ao ponto de formalizar uma denúncia de agressão física. Ela desabafou ao G1 que esse passou esse final de semana sem dormir direito, sem comer, assustada e deprimida. No sábado, ela passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de BH.

Caso condenado, o autor do delito pode pegar uma pena que pode ser de até dois anos de prisão. A delegada Marina disse que o laudo constatou a ocorrência de lesão corporal. Afirmou que a vítima e o inquérito foram encaminhados ao Juizado Especial Criminal da cidade.

Foto Destaque: Momento da agressão registrado por câmeras. Reprodução: Vídeo do circuito de monitoramento do condomínio.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo