Notícias

Fato ou Fake: Bolsonaro no Jornal Nacional

Presidente Jair Bolsonaro (PL) realiza entrevista como candidato ao Jornal Nacional, nesta segunda-feira (23). Foram faladas 1 mentira a cada 3 minutos.

3 min de leitura
23 Ago 2022 - 22h33 | Atualizado em 23 Ago 2022 - 22h33

O presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo PL, foi, nesta segunda-feira (23), o primeiro a ser entrevistado no Jornal Nacional para as sabatinas presidenciais de 2022. Ao longo da entrevista, Bolsonaro disse uma série de informações falsas, em média foram ditas 1 mentira a cada 3 minutos.

Veja abaixo o que é verdade e mentira da entrevista, apurado pela equipe Fato ou Fake:

FAKE:

."Você não está falando a verdade quando diz 'xingar ministro'. Isso é um fake news de sua parte"

Bolsonaro já proferiu alguns xingamentos à ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). O ministro Luís Roberto Barroso foi chamado de "imbecil" e " idiota" pelo presidente, em junho de 2021: “Só um idiota para fazer isso aí. É um imbecil. Não pode um homem querer decidir o futuro do Brasil na fraude.”

Durante as manifestações do 7 de setembro, em 2021, Bolsonaro falou que o ministro Alexandre de Moraes era um "canalha".

. "O lockdown durou mais de um ano"

Durante a pandemia, o Brasil não chegou a adotar um "lockdown" propriamente dito, como feito de maneira rigorosa nos países europeus e asiáticos, no qual a população era proibida de sair às ruas.

No início, o STF concedeu liberdade aos governos estaduais e municipais tomarem suas próprias medidas perante a situação.

Muitos estados liberaram a circulação de pessoas em ambiente público ainda em 2020. São Paulo, por exemplo, foi liberando por meio de fases.

."Nós estamos em um governo sem corrupção"

Apesar de Bolsonaro, constantemente alegar o "fim da corrupção", seu governo foi marcado por diversos escândalos e investigações por suspeita de corrupção. Em 2021, Ricardo Salles, então Ministro do Meio Ambiente, foi apontado por participar de um grupo de exportação ilegal de madeira.

O caso da Covaxin, em 2021, marcou a gestão do governo na compra das vacinas. O ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias foi acusado de pedir para a empresa um dolár de propina por dose adquirida.

Em 2022, Milton Ribeiro, o quarto a ocupar o Ministério da Educação, está sendo investigado, após ter seu nome envolvido em um esquema de liberação de verbas da pasta à pastores aliados.

."Em menos de 48 horas, cilindros [de oxigênio] começaram a chegar em Manaus"

Em meio a crise de falta de tanques de oxigênios para hospitais, em Manaus. O governo demorou cerca de dias para providenciar cilindro de oxigênio para a população.

Em 8 de janeiro de 2021, a White Martins, empresa fornecedora de oxigênio ao Amazonas informou o Ministério da Saúde a possível falta do produto. No dia 15, os aviões com tanques de oxigênio chegaram ao estado de madrugada.

Nesse meio tempo, o estado esteve em crise com mais de 500 pacientes internados e cerca de 30 mortes. Artistas fizeram campanha para enviar tanques de oxigênio ao estado.

."Até hoje desconhecido ainda os efeitos possíveis, efeitos colaterais da vacina."

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informa os efeitos colaterais, e as próprias vacinas aprovadas pela Anvisa avisa os possíveis efeitos. Entre eles estão dor no local da injeção, dor de cabeça, febre, fadiga, dor muscular, calafrios e diarreia.

. "Eu não errei nada do que eu falei [sobre a pandemia]"

Jair Bolsonaro cometeu uma série de equívocos em suas declarações na pandemia. Entre elas recomendou medicamentos sem eficácia ao combate ao vírus, como Hidroxcloroquina e ivermectina; Disse que as máscaras não era eficientes; Falou que imunidade alta dispensava a necessidade de tomar vacina"; Chamou a pandemia de uma "pequena crise" e que era alarde propagado pela mídia; Questionou os números de óbitos por Covid-19.

."No meu tempo, não era centrão. Não existia centrão"

Na política, o "Centrão" é usado para definir partidos que variam entre o centro e a direita e age nos entrames da política, desde a redemocratização.

Jair Bolsonaro integrou vários partidos considerados pertencentes ao "Centrão", como o PP, PDC, PPR e PPB.

."Anistiamos 99% das dívidas de um milhão de jovens junto ao Fies."

Por conta da pandemia foi implementado no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) uma medida que possibilitava descontos entre 12% e 99% do saldo devedor. No entanto, apenas cerca 8 mil dos 216 mil contratos de renegociação conseguiram esse valor.

."Conseguimos a transposição do São Francisco, que estava parada desde 2012"

A transposição do rio São Francisco começou no governo Lula, em 2007, com previsão de conclusão em 2012. No entanto, o projeto sofreu diversas alterações e não está pronto até hoje.

Em 2015, o governo Dilma finalizou a estação de bombeamento do eixo Norte. Temer oficializou o eixo Leste, em 2017. Já, Bolsonaro apenas inaugurou os trechos finais do Eixo Norte. A obra ainda não tem previsão de ficar pronta.


Bolsonaro conta uma mentira a cada três minutos, na entrevista do Jornal Nacional (Foto: Reprodução/Divulgação) 


NÃO É BEM ASSIM:

."Nós começamos a investigar o caso dos pastores. Não foi a Polícia Federal. Nós começamos a investigar com a CGU."

Chegaram a abrir duas investigações a respeito do caso dos pastores. Em agosto de 2021, a Controladoria-Geral da União (CGU) abriu uma investigação, porém encerrou após seis meses por não encontrarem nenhuma irregularidade.

Após a divulgação de novas denúncias nos jornais, foi aberta uma nova investigação sobre o suposto esquema de Milton Ribeiro. Isso ajudou as operações da Polícia Federal apreensão do ex-ministro da Educação.

."Nós pegamos 2020 e 2021 e tivemos um saldo positivo de quase 3 milhões de empregos no Brasil, diferente de 2014 e 2015, que tivemos uma perda de quase 3 milhões de empregos no Brasil."

Nesses dois anos, foram gerados um saldo de 2,53 milhões de empregos. Já, entre os anos de 2014 e 2015 foram fechados 1,54 milhão de empregos.

FATO:

."Nós somos o sétimo país mais digitalizado no mundo"

Segundo um relatório produzido pelo Banco Mundial, o Brasil se encontra na sétima posição entre os países com maior digitalização no sistema de governo.

Foto Destaque: Jair Bolsonaro (PL) é entrevistado no Jornal Nacional. Reprodução: Divulgação.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo