Mundo Animal

Família fundadora do Instituto Onça-Pintada é multada em 452 mil pelo IBAMA

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) foi o órgão responsável pela multa ao Instituto Onça-Pintada (IOP), de acordo com a autarquia, o IOP está proibido de receber novos animais silvestres.

3 min de leitura
23 Ago 2022 - 21h37 | Atualizado em 23 Ago 2022 - 21h37

Famoso nas redes sociais como TikTok e Instagram por mostrar o cotidiano de animais silvestres resgatados, e a rotina no dia a dia de onças, macacos, tamanduás e aves, o Instituto Onça-Pintada foi multado em 452 mil pelo IBAMA ao considerar que o IOP cometia infrações. A exposição dos animais na internet e a morte de 72 bichos ameaçados de extinção, além de alegações de maus-tratos, foram os motivos que levaram o órgão federal a fazer a denúncia contra o Instituto.

Localizado na cidade de Mineiros, em Goiás, desde 2002 o Instituto Onça-Pintada é uma Organização Não Governamental (ONG), comandado pelos biólogos Anah Tereza de Almeida Jácomo e Leandro Silveira. Além da conservação e da preservação dos animais silvestres, com enfoque nas Onças, o IPO também mantém projetos de pesquisa científica em áreas como a Amazônia, Cerrado, Caatinga e Pantanal.

No entanto, de acordo com o IBAMA, o IPO está proibido de receber novos animais silvestres até que as irregularidades apontadas pelo órgão sejam resolvidas. O IBAMA apontou que diferentes animais silvestres conviviam no mesmo espaço, que houve casos de envenenamento, picada de cobras, ataques e agressões de outros animais do próprio instituto e que o IPO só estaria apto a receber novos resgates após apresentar um Projeto de Conservação adequado.


 

 

Onça-PintadaXavante e Aanh Jácomo. Foto Reprodução/Instagram


Com a notícia das ações tomadas pelo IBAMA, o casal Anah e Leando publicaram um vídeo no Instagram do Instituto Onça-Pintada se manifestando estar surpresos com o fato ocorrido. Afirmando que as acusações não condiziam com a verdade e afirmando que já acionaram seus advogados para resolver o caso.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD), de Goiás, veio à público defender o Instituto Onça-Pintada afirmando que os casos de maus-tratos e negligência apontados pelo IBAMA eram desconhecidos pela SEMAD, e esclareceu que as mortes citadas na denúncia eram referentes a atuações fiscalizadas entre os anos de 2007 e 2017. Ainda de acordo com a SEMAD, até o presente momento o IBAMA não repassou ao Governo Estadual de Goiás as ações fiscalizatórias realizadas no Instituto Onça-Pintada.

Foto Destaque: Instituto Onça-Pintada Reprodução: Instagram.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo