Exclusivas

Exclusivo: Mara Maravilha lança “Um Grande Amor” e conta curiosidades sobre o álbum

Em entrevista exclusiva ao Lorena.R7, Mara Maravilha conta curiosidades sobre o seu novo álbum: “Um Grande Amor”. Além disso, Mara fala sobre a raiz da música romântica e sofrência nos anos 80 e 90.

3 min de leitura
05 Ago 2022 - 16h00 | Atualizado em 05 Ago 2022 - 16h00

Nesta sexta-feira, 05, Mara Maravilha lançou o álbum “Um Grande Amor” nas plataformas de streaming. O álbum estava engavetado desde 1986, devido ao direcionamento da carreira de Mara na época, que apresentava o programa infantil “Show Maravilha”, no SBT.

O anúncio do lançamento de “Um Grande Amor” foi realizado através das redes sociais de Mara Maravilha e da gravadora Universal Music Brasil na segunda-feira, 25.



Como uma carreira musical consolidada, Mara Maravilha passeou por diversos gêneros musicais, como: Pop, rock, axé, infantil, romântico, gospel e muitos outros.

Sobre “Um Grande Amor”, Mara conta que já cantava a sofrência nos anos 80:

“Era um romantismo profundo, aquela sofrência com esperança de que o amor desse certo, uma paixão quente”. “Sou eu ainda”, diz Mara ao ouvir o álbum após 36 anos, com voz e arranjos originais, além do estilo inconfundível.

Sofrência essa que já foi regravada por César Menotti & Fabiano. Em 2005, a dupla sertaneja regravou a canção “Fica Comigo”, gravada originalmente por Mara Maravilha no álbum “Mara”, de 1994.





“Um Grande Amor” possui nove faixas e mostra uma Mara Maravilha adolescente e pop, que ora está apaixonada, ora desiludida. Das nove canções, cinco são inéditas. São elas: “Doce Companhia” (Nando), “Um Grande Amor” (Marcelo), “Não Chore” (Marcelo), “Ah! Como é Bom” (Piska) e “Anjo Travesso” (Paulo Debétio & Paulinho Rezende).

“Média 5, passei!” (Mara Maravilha & Bruno Nunes), “Por Um Olhar” (Dalto & Cláudio Rabello), “Coração Na Mão” (Michael Sullivan & Paulo Massadas) e “Suga Suga” (Mara Maravilha & Ana Lívia) também estarão no álbum produzido por Paulo Debétio.


Capa do álbum "Um Grande Amor". (Foto: Reprodução/ Universal Music Brasil)


Na época, estas quatro canções originalmente gravadas para “Um Grande Amor” foram realocadas para outros trabalhos de Mara. “Coração na Mão” foi inserida no LP “Maravilha” (1987), “Média 5, passei!” e “Suga Suga” foram inseridas no LP “Mara” (1989). Anteriormente, o disco era conhecido como “Simplesmente Mara” pelos fãs da cantora.


Mara Maravilha. (Foto: Reprodução/ Instagram)


Inicialmente, a música de trabalho do projeto será “Doce Companhia”. A canção foi a responsável pela mudança de planos da gravadora na época, já que é uma música “caliente” e Mara havia acabado de ganhar um programa infantil nas telas do SBT.

Leia abaixo um trecho de “Doce Companhia”:

“(...) Quero ficar no teu colo

Brincar no teu corpo e amar

Poder provar tua boca todo dia

Quero cuidar do teu mundo, te fazer feliz

Ser teu amor, tua flor, doce companhia (...)”


Lyric vídeo da faixa "Doce Companhia (Fica Comigo)". (Vídeo: Reprodução/ YouTube)


“Faço parte da sofrência raiz, que vem de Dolores Duran, Maysa... que passou por outras grandes intérpretes e, recentemente, foi abraçada por Marília Mendonça, Simone & Simaria, Maiara & Maraísa. Não me sinto com 18 ou 36 anos. Quero cantar o amor sem preconceito de idade [...] Quis o destino que eu fizesse outro voo há 36 anos. Agora, quero cantar o amor sem preconceito”, diz Mara sobre o romantismo presente em “Um Grande Amor”.



Abaixo, leia mais sobre a entrevista de Mara Maravilha ao Lorena.R7!

1- Quais suas músicas preferidas do álbum “Um Grande Amor”?

“Eu amo todas as canções! Cada uma delas, quando ouvi após o intervalo de mais de três décadas, me trouxe uma nostalgia gostosa e aqueceu meu coração de boas lembranças! O meu público ao escutar cada faixa dessa grande obra, sentirá essa mesma sensação positiva que eu sinto. Ali estão as raízes da minha verdadeira essência, a de uma Mara romântica, que os meus fãs tanto gostam.

Confesso que fiquei muito surpresa com o nível de qualidade desse material, fora que ele parece ainda muito atual na letra e na melodia! A Universal Music fez questão de manter os mesmos arranjos, aliás de extrema qualidade! Toda parte musical impressiona, através de uma sonoridade gostosa e remasterizada. Um projeto musical de muito bom gosto, como o meu amado público merece!”

2- Qual a expectativa para o lançamento de "Um Grande Amor"?

“As melhores possíveis! Imagina você aguardar algo especial por 36 anos?! Os meus fãs, que carinhosamente chamo de minha ‘fã-mília’, me cobravam se esse álbum de fato existia e se eu tinha acesso a essas músicas, o sonho deles era que um dia ele aparecesse! E como o tempo de Deus não é o nosso, esse tesouro surge 36 anos depois e mais atual do que nunca.”

3- Os fãs podem esperar a essência romântica de Mara Maravilha nesse novo álbum?

“Essa é a minha essência, sempre cantei o amor de forma leve e continuarei cantando. Mas a sofrência raiz nasceu ali, no ‘Um Grande Amor’. As pessoas que hoje escutam as grandes divas sertanejas, Maiara & Maraísa, Simone & Simaria, Naiara Azevedo, a saudosa Marília Mendonça... elas brincam comigo de que a sofrência raiz da vida delas começou quando escutavam Mara, com as letras mais cheias de amor possíveis!

Destaco que esse material tem arranjos do grupo Roupa Nova, músicas do cantor Dalton, letras e direção musical do cantor e compositor Paulo Débetio, entre outros feras do cenário fonográfico no qual tive a honra de ter assinando esse trabalho.”



4- Como surgiu a ideia do lançamento de "Um Grande Amor" após 36 anos?

“A Universal Music me apresentou a ideia e me deixou muito emocionada, enchendo meu coração de gratidão e alegria! Não só por mim, mas pelos meus fãs que tanto alimentavam isso e agora vão poder suprir essa vontade de décadas, através desse tesouro que finalmente foi revelado! ‘Um grande amor’, ‘Doce Companhia’, ‘Por um Olhar’, ‘Anjo Travesso’, ‘Ah! Como é Bom’... nossa, uma mais linda que a outra! Vocês vão amar, de verdade!”

5- O que a Mara de 1986 diria para a Mara de hoje?

“Eu me vejo claramente naquela Mara! No romantismo, no jeito simples de levar a vida e na verdade na hora de cantar o amor. Meu lema é ser original, sou o que sou e não faço média. Sempre falei o que tinha vontade e sempre me propus a cantar aquilo que de fato alegrava o meu coração! Isso aliás, desde o meu primeiro compacto, talvez, por isso eu tenha atingido em cheio o coração de milhares de pessoas através da minha vida e da minha música!”

 

Foto Destaque: Mara Maravilha. Reprodução/ Aldo Costa

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo