Tech

Ericsson, Qualcomm e Thales se jutam para levar conexão para toda a terra

Empresas de tecnologia Ericsson, Qualcomm e Thales se juntam para realizar testes em espaço e expandir a tecnologia 5G e levar cobertura para todos os lugares

3 min de leitura
12 Jul 2022 - 12h30 | Atualizado em 12 Jul 2022 - 12h30

A empresa sueca Ericsson, que fabrica equipamentos para telecomunicação em parceria com o grupo francês aeroespacial Thales e com a fábrica norte-americana de chips Qualcomm, estão planejando desenvolver uma rede 5G que é acionada por satélite para melhorar a conexão terrestre.

Para facilitar e tornar possível a comunicação em todos os lugares da terra, a união das três empresas tem como objetivo um dispositivo móvel 5G que se conectaria por satélite. No entanto, representaria um risco para os telefones via satélite caros e serviços de internet de banda larga que são provenientes de empresas rivais, como a do Elon Musk, a Starlink.

O chefe de Projetos Especiais do braço de tecnologia da Ericsson, Hakan Djuphammar, disse em entrevista que “As empresas inicialmente farão simulações antes de realizarem testes no espaço. As discussões estão em andamento para testes na Estação Espacial Internacional e com alguns satélites”


Tecnologia, 5G, Ar, Abstrato

Tecnologia 5G (Reprodução/Pixabay)


Essa rede baseada no espaço pode também ser utilizada para se fazer backup de redes terrestres em casos de desastres ou de grandes interrupções e pode ainda disponibilizar conexões em lugares onde os provedores de serviços tradicionais não oferecem. 

Hakan diz que a data para o começo dos testes ainda é incerta, entretanto, a duração será até 2023, pois é preciso analisar se a tecnologia é adequada e se é possível construir uma rede de satélites que possibilita a conexão de telefones celulares.

Ele afirma que o link muda muito rápido porque os satélites também mudam muito rápido. Então, a quantidade de testes é para averiguar se a tecnologia está preparada e “maduro” para realizar esses procedimentos. 

A Ericsson está planejando testar uma pilha RAM virtual 5G, que é modificada para lidar com os sinais de rádio que são propagados pelo satélite Leo de movimento rápido. Enquanto, a Thales pretende verificar uma carga útil de rádio via satélite 5G que implante em satélites LEO. Por fim, a Qualcomm irá dispor telefones de testes para a verificação se é possivel futuros smartphones 5G Ericsson acessarem essa rede de telecomunicações.

Foto Destaque: Redes 5G. Reprodução/Pixabay

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo