Saúde

Entenda o que é a fertilização in vitro

O termo In vitro significa “em vidro”, implicando em observar organismos fora de um ser vivo. Referência às lâminas de vidro, utilizadas em exames laboratoriais, ou beckers químicos.

3 min de leitura
22 Fev 2022 - 17h38 | Atualizado em 22 Fev 2022 - 17h38

A fertilização in vitro (FIV) é um procedimento de reprodução assistida (assistência ou auxiliada). O processo inclui desde a fertilização até o desenvolvimento dos embriões. Os óvulos são coletados dos ovários da mulher, que deseja engravidar, e são fertilizados com espermatozoide em laboratório e são cultivados numa incubadora a 37ºC por 5 dias até serem inseridos dento do útero materno. A reprodução assistida são conhecimentos utilizados para ajudar casais com dificuldade para engravidar, seja por idade avançada, homoafetivos ou com uma condição genética que pode ser passada ao bebê. 

O termo In vitro é uma expressão em latim, que significa “em vidro”, utilizada no âmbito da medicina, fazendo referência às lâminas de vidro, utilizadas em exames laboratoriais, ou beckers químicos. Na medicina o termo implica observar organismos fora de um ser vivo. No Brasil, este tipo de técnica ficou conhecida como “bebê de proveta”.

Segundo a Clínica Mayo a técnica é indicada para mulheres com dificuldade de fertilização ou idade avançada, com mais de 40 anos. Outros problemas de saúde também são levados em consideração: problemas nas trompas, na ovulação e genética, endometriose, miomas, tratamento de câncer e produção de esperma abaixo da média (para homens). No entanto, há outros procedimentos que podem ser tentados antes, como inseminação artificial quando o sêmen é injetado diretamente no útero.


A fertilização in vitro é uma alternativa para mulheres de idade avançada. (Foto: Reprodução/ Istock)


Segundo Instituto Nacional de Saúde e Excelência no Cuidado (NICE, na sigla em inglês) da Inglaterra a idade é o principal fator para o sucesso da FIV. De acordo com o instituto, normalmente a taxas de sucesso da mulher é de 20% a 35% por ciclo FIV (entende-se ciclo como todo o processo). Dados de 2019 apontam a porcentagem de sucesso conforme a idade da mãe:

  • 32% para mulheres com menos de 35 anos
  • 25% para mulheres de 35 a 37 anos
  • 19% para mulheres de 38 e 39 anos
  • 11% para mulheres de 40 a 42 anos
  • 5% para mulheres de 43 e 44 anos
  • 4% para mulheres com mais de 44 anos

Como todo procedimento médico, a FIV existe riscos que devem ser considerados antes de tomar a decisão, aponta a Clínica Mayo nos Estados Unidos. Como parto prematuro do bebê, baixo peso ao nascer, síndrome de hiperestimulação ovariana, complicações e aborto espontâneo. Outro que ocorre com mais frequência é a gravidez de múltiplos, assim como a atriz Fabiula Nascimento, de 43 anos, deu à luz os gêmeos Raul e Roque em janeiro e a também atriz Nanda Costa, de 35, que engravidou de duas garotinhas.

Em média o procedimento pode custar de R$ 15 a R$ 20 mil. O procedimento FIV é realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) desde 2005, mas poucos hospitais realizam. A resolução brasileira nº 2.168/2017 do Conselho Federal de Medicina determina algumas regras para a reprodução assistida como, idade máxima permitida é de 50 anos, é proibido usar para selecionar o sexo do embrião, tempo máximo de desenvolvimento in vitro é de até 14 dias e entre outras.

Foto Destaque: Entenda quais são os prós e contra da técnica. Reprodução/ AdobeStock

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo