Money

Entenda como os reajustes da Petrobras poderão frear a alta do IPCA em dezembro

Desde 20 de julho, cinco cortes na gasolina e quatro no diesel já foram registrados. Neste ano este já é o nono reajuste negativo feito pela empresa.

3 min de leitura
07 Dez 2022 - 19h30 | Atualizado em 07 Dez 2022 - 19h30

Nesta quarta-feira (7) a Petrobras anunciou que a partir de amanhã, a gasolina ficará mais barata nas refinarias.

Segundo a empresa, o litro do combustível passou de R$ 3,28 para R$ 3,08 - o que significa uma queda de 6,09%. Por outro lado, o diesel teve queda de 8,17%, passando de R$ 4,89 para R$ 4,49.

Guilherme Sousa, economista da Ativa Investimentos, aponta que se 55% desse reajuste do combustível for repassado para o consumidor final, isso se refletirá em um declínio de -3,35% no preço do combustível nas bombas.

Ele afirma: “Devemos ressaltar que embora a Petrobras tenha anunciado uma reestruturação negativa a partir de amanhã, estimamos que o efeito dessa redução no consumidor deva ser sentido a partir de 13 de dezembro”.


Posto de gasolina. (Foto: Reprodução/Autoesporte)


Adicionalmente, a reestruturação da Petrobras pode refletir na inflação de dezembro. De acordo com o economista, o resultado médio da reestruturação da Petrobras no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é de -16 bps, que se distribui cerca de meio a meio entre os indicadores de dezembro e janeiro.

Com isso, a previsão máxima do IPCA para dezembro caiu de 0,84% para 0,75%, e para janeiro caiu de 0,73% para 0,66%. Por fim, a inflação anual acumulada reduziu de 5,9%, e em 2023 cairá para 5,2%.

Esta é a nona revisão negativa promovida pela Petrobras neste ano. Desde 20 de julho, a gasolina diminuiu cinco vezes e o diesel quatro vezes.

Mesmo que a Petrobras siga uma política de preços que leva em consideração a igualdade internacional, para não incentivar preços muito diferentes dos demais mercados, o até então presidente Jair Bolsonaro não avaliou bem a maré de aumentos.

Isso fez com que a liderança da empresa fosse substituída diversas vezes. Só no ano passado, a presidência da Petrobras foi ocupada por quatro executivos, inclusive o interino Fernando Borges, que ficou por uma semana. Caio Mário Paes de Andrade ingressou em 28 de junho e ocupa o cargo até hoje.

Além da troca de liderança, parte dos cortes está relacionada à intensidade da disputa eleitoral. Bolsonaro aproveitou a queda dos preços para alavancar sua campanha.

Os reajustes da Petrobras, junto com as medidas do governo para controlar os preços dos combustíveis e da energia elétrica, ajudou a reduzir a inflação, que havia chegado aos dois dígitos.

 

Foto destaque: Sede da Petrobrás. Reprodução/Poder 360

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo