Notícias

Emmanuel Macron diz querer “irritar” os não vacinados

A declaração de Macron sobre os não vacinados da covid foi considerada polêmica e ainda contribuiu para a suspensão do debate sobre passaporte de vacinação.

3 min de leitura
05 Jan 2022 - 14h10 | Atualizado em 05 Jan 2022 - 14h10

O presidente francês Emmanuel Macron, disse querer “irritar” as pessoas que não se vacinaram contra a Covid-19, em entrevista ao jornal Le Parisien, nesta terça-feira (4): "Para os não vacinados, quero muito irritá-los. E vamos continuar fazendo isso, até o fim. Essa é a estratégia", pontuou.

Macron usou em francês o verbo "emmerder", um termo traduzido como "incomodar", "irritar" ou "complicar a vida".

Suas declarações foram consideradas polêmicas por grupos da esquerda radical até à extrema direita. A candidata Valérie Pécresse, do Partido Republicano de direita disse que "não cabe ao Presidente da República escolher entre os bons e os maus franceses”. Na esquerda, a candidata socialista Anne Hidalgo e o comunista Fabien Roussel, questionaram sua vontade de "unir" os franceses e Jean-Luc Mélenchon pontuou a declaração de Macron como uma "confissão alucinante".


Casos de covid no país atingiram recordes e número de mortes vem crescendo (Foto: Divulgação/Reuters/Gonzalo Fuentes)


Ainda ao Le Parisien, Macron disse que mais de 90% dos franceses já estão vacinados, mas que ainda existe uma minoria contra. "Como reduzimos essa minoria? Reduzimos, desculpe dizê-lo, incomodando ainda mais", ressaltou.

Essa entrevista de Macron ao jornal, contribuiu também para suspender novamente o debate na Assembleia Nacional, sobre a aprovação de um passaporte de vacinação. Se for aprovado, maiores de 12 anos que não estão vacinados não poderão frequentar restaurantes, museus, academias, cinemas, festas, etc.

Essa medida, vem como forma de redução de casos, já que o país enfrenta uma quinta onda da covid-19 muito severa. Na última terça-feira (4), o país registrou em 24 horas mais de 270 mil casos da doença.

Em abril, ocorrem as eleições presidencias da França e Macron deve tentar a reeleição, porém, segundo o presidente, ele busca conter o novo pico de infecções antes de confirmar sua candidatura à reeleição.

 

Foto Destaque: Emmanuel Macron, o presidente da França, em discurso no país em setembro de 2021 - Créditos: Ludovic Marin/AFP 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo