Notícias

Em Tonga, sobrevivente de tsunami fica 27 horas à deriva

Um homem sobreviveu à intempérie causada pela erupção de um vulcão seguida de um tsunami em Tonga, na Oceania. Lisala Folau passou 27 horas nadando e flutuando no mar após ter sido arrastado por ondas gigantes

3 min de leitura
21 Jan 2022 - 17h31 | Atualizado em 21 Jan 2022 - 17h31

Além de carpinteiro aposentado, Lisala Folau tem uma história impressionante de sobrevivência à catástrofe em Tonga, sendo chamado de “O Aquaman da vida real” em referência ao rei dos mares, super-herói da DC.

Morador da ilha de Atata, em Tonga, Folau estava pintando em sua casa quando foi surpreendido por um alerta de tsunami. Na explosão da primeira onda, o carpinteiro, seu irmão mais velho e um sobrinho subiram para a parte mais alta da casa.

Em suas palavras, as próximas ondas que atingiram a região mediam até seis metros de altura. Diante disso, os três homens e a sobrinha de Folau subiram em uma árvore e desceram quando acharam que a situação estava controlada. Porém, outra onda ainda mais forte atingiu a família.

"Quando a onda quebrou em terra bem abaixo da gente, minha sobrinha e eu não tínhamos onde segurar e fomos arrastados para o mar", relata.


Lisala Folau, homem que ficou mais de 24 horas à deriva no mar em Tonga. (Foto: Reprodução/Facebook).


Após o incidente, ele disse que ouviu o chamado de seu filho e a sobrinha pedindo socorro. No momento, ele decidiu ficar em silêncio para que o filho não fosse tentar buscá-lo. "Como pai, mantive o silêncio, pois se eu respondesse, ele pularia [no mar] e tentaria me resgatar”, conta. Para o carpinteiro, o recurso foi se agarrar em um tronco na expectativa de que a família o encontrasse, com ou sem vida.

Deu-se início a um pesadelo que duraria 27 horas. Em um primeiro momento, Folau ficou próximo à ilha de Toketoke, no leste de Atata. No local, ele contou que viu dois barcos de patrulha marítima e acenou para os tripulantes, sem sucesso. Apesar disso, para lutar por sua sobrevivência, Folau disse que se apegou aos entes queridos.

Nadando, ele seguiu para a ilha de Polo’a, o que durou cerca de oito horas. Quando era 22h do domingo, o homem chegou a Sopu, no extremo oeste da capital de Tonga. Lá, enquanto se arrastava até uma estrada, ele foi visto e resgatado por um motorista.

A ilha de Atata teve grande parte da sua extensão destruída pelo tsunami.

Foto Destaque: Lisala Folau. Reprodução/Windsorobserver.

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo