Notícias

Eleições 2022: Embaixada dos EUA declarou que as eleições brasileiras servem como modelo para o mundo

Após a reunião em que Bolsonaro não só atacou o sistema eletrônico de votação, mas também fez alegações direcionadas a ministros do TSE, a corte eleitoral divulgou uma lista rebatendo vinte alegações do chefe do Executivo

3 min de leitura
20 Jul 2022 - 16h00 | Atualizado em 20 Jul 2022 - 16h00

Nesta terça feira (20), um dia depois do presidente Jair Bolsonaro questionar, sem provas, a segurança das urnas eletrônicas, em reunião com embaixadores, a embaixada americana no Brasil declarou que as eleições brasileiras “servem como modelo para o mundo”.

Em nota, a embaixada dos Estados Unidos afirmou que "As eleições brasileiras, conduzidas e testadas ao longo do tempo pelo sistema eleitoral e instituições democráticas, servem como modelo para as nações do hemisfério e do mundo".

Bolsonaro se reuniu na última segunda feira (18) com dezenas de embaixadores e diplomatas estrangeiros no Palácio da Alvorada e sem apresentar provas, criticou, em discurso de quase uma hora, a transparência da justiça eleitoral e a segurança das urnas eletrônicas.

"Os Estados Unidos confiam na força das instituições democráticas brasileiras. O país tem um forte histórico de eleições livres e justas, com transparência e altos níveis de participação dos eleitores".


Ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). (Foto Reprodução: Nelson Jr./SCO/STF)


As novas declarações do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral fizeram com que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux conversasse com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Edson Fachin. De acordo com Fux, a uma clara 'tentativa de se colocar em xeque mediante a comunidade internacional, o processo eleitoral e as urnas eletrônicas, que têm garantido a democracia brasileira nas últimas décadas'.

Luiz Fux que está de saída da presidência do Supremo, repudiou os ataques de Bolsonaro acerca das eleições de outubro. Ele reiterou 'confiança total na rigidez do processo eleitoral e na integridade dos juízes que compõem o TSE'.

O atual vice – presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, comandará o tribunal durante o pleito em outubro. Junto de Fachin e do ex-presidente do TSE Luís Roberto Barroso, o magistrado é um dos alvos preferenciais do chefe do Executivo de sua base aliada e de seus seguidores.

Após a reunião em que Bolsonaro não só atacou o sistema eletrônico de votação, mas também fez alegações direcionadas a ministros do TSE, a corte eleitoral divulgou uma lista rebatendo vinte alegações do chefe do Executivo. O TSE elencou diversos conteúdos produzidos pela Secretaria de Comunicação e Multimídia da corte que desmontam a narrativa do presidente.

Foto Destaque: Embaixada dos Estados Unidos elogiou urnas eletrônicas brasileiras. Foto Reprodução: Divulgação/ TSE.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo