Notícias

Efeitos da mudança climática ficam cada vez mais evidentes no mundo.

Na Itália, seca fez surgir uma praia rochosa em lago. Incêndios, seca, mortes e registros históricos de altas temperaturas anunciam um cenário que será cada vez mais frequente em todo o mundo.

3 min de leitura
16 Ago 2022 - 21h16 | Atualizado em 16 Ago 2022 - 21h16

Imagens feitas por um drone nesta terça-feira, mostraram o fundo da costa rochosa do lago Garda surgindo em Sirmione, um resort turístico conhecido as margens do lago do norte da Itália. O lago é o maior da Itália e principal destino turístico do país, assim como outros diversos lagos e rios no norte do país italiano. 

Mas não somente na Itália, diversos outros países registram secas e diversos outros problemas por conta das altas temperaturas históricas no mundo. Na última semana, o Reino Unido, Espanha, Dinamarca e Alemanha chegaram a temperaturas altas jamais registradas. O Reino Unido excedeu 40ºC pela primeira vez na história, nesta terça-feira (19).


Homem se refrescando durante onda de calor em Londres. (Foto/Reprodução/Brasil de Fato)


No último mês, um grande incêndio afetou uma área residencial em Londres com um alerta de nível médio emitido pela Brigada de Incêndio Londrino. Já na Escócia, as temperaturas atingiram 35,1ºC após a noite mais quente de sua história, com 21,3ºC. No mesmo dia, a Dinamarca registrou 35,9ºC, superando a marca histórica dos 35,3ºC de 1941. A Alemanha bateu seu recorde com 40,1ºC no norte do país; e em Madri, na Espanha a temperatura chegou a 40,7ºC. 

Nesta semana, os Estados Unidos aprovaram o maior pacote econômico da história do país de US$ 430 bilhões para combate das mudanças climáticas. O investimento bilionário em segurança climática e energética que deve reduzir as emissões de gases responsáveis pelo efeito estufa nos Estados Unidos em cerca de 40% até 2030. 

Um dos principais objetivos do investimento é reduzir as emissões de carbono e incentivar a transição para fontes de energia limpa. A professora de política climática e energética da Universidade da Califórnia que aconselhou os democratas no projeto, Leah Stokes, afirma que o texto deve impulsionar a fabricação de baterias de energia solar e veículos elétricos e contém ainda o maior investimento em justiça ambiental de todos os tempos, contribuindo para a meta de descarbonizar a economia dos EUA até 2050. 

Foto Destaque: Pessoas bebem em uma fonte em meio a onda de calor em Roma, na Itália. Reprodução: Brasil de Fato.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo