Eduardo Costa sobre a ex, Victória Villarim: "Ela é muito boa"

Publicado 29 de Oct de 2020 às 17:03

Nesta quarta-feira (28), o cantor Eduardo Costa concedeu uma entrevista à coluna do Léo Dias, na Metrópoles. O artista falou sobre o governo Bolsonaro, e a ex-noiva e participante do reality "A Fazenda 12", Victória Villarim, entre outros assuntos. 

Começando a entrevista, Eduardo já falou sobre a pandemia. "Eu sou um privilegiado. Agradeço a Deus por, numa época dessas, ter condições de ficar em casa e não faltar nada. O Brasil inteiro passou por uma dificuldade medonha. Então eu, como artista, não posso falar que tive quarentena. Fui privilegiado de ter uma boa cama para dormir, uma TV grande para assistir filmes e séries... De poder me entreter dentro de casa", disse o cantor.

Leia mais: Eduardo Costa, ex de Victória Villarim comenta sobre a peoa


Léo Dias entrevista Eduardo Costa (Vídeo: Reprodução/YouTube)


Sobre o comportamento mais reprimido de Eduardo Costa nas redes sociais, o cantor foi enfático: "Eu nunca fui um cara polêmico e sim com opinião. Eu descobri que poderia ficar calado, que àquela opinião poderia ser má interpretada. E, às vezes, aquilo que poderia ser uma boa informação, virava um pandemônio". Em seguida, ele já imenda sobre política: "Eu tenho minha opinião política mas não tenho mais vontade de espalhar em rede social porque, hoje, eu tô em concordância com os dois lados".

Quando o jornalista pergunta se Eduardo se decepcionou com o governo Bolsonaro, ele responde: "De jeito nenhum. Só estou menos radical". Questionado em quem votaria se as eleições presidenciais fossem hoje, o cantor afirma que votaria em Bolsonaro.

Em sua relação à live com o cantor Leonardo, o sertanejo diz: "Muita gente disse que eu tava bêbado e drogado. Eu nunca usei drogas. Mesmo se usasse, não tô pedindo dinheiro emprestado pra ninguém. Eu apenas fiquei tenso. Sai dali humilhado e revoltado, pensando em nunca mais voltar a cantar".


Eduardo Costa (Foto: Reprodução/Jornal de Brasília)


Léo Dias destacou que Eduardo tem sido muito mencionado no Twitter por conta da participação da ex, Victória Villarim, no reality show 'A Fazenda 12'. "Eu não quero o mal da Victória, mas existem algumas coisas que eu preciso, como homem, me defender. A primeira coisa que ela fez quando terminamos foi falar mal de mim. Eu fui muito atacado. Sou um cara extremamente submisso com as mulheres. Lá dentro da fazenda, começaram a falar sobre violência. Eu nunca fui violento".

"Nós nos separamos numa boa, mas fui eu que terminei. Nossas ideias já não estavam batendo. Depois do término, ela ainda ficou morando na minha casa durante quatro meses. Eu aluguei apartamento pra ela, dei carro, paguei pensão alimentícia durante um ano... Tudo para que ela tivesse uma vida confortável", declarou Eduardo.

Sobre Victória ter ficado com um amigo do cantor logo após o término, Eduardo diz não ter ressentimentos dela. "Ela não fez isso porque queria o cara e sim para me espetar. O que me deixa triste é quando ela fala de agressão. Eu nunca nem levantei a voz pra ela".

Questionado sobre seu estado civil, o cantor afirma que está solteiro. "Solteiro, por enquanto. Porque, a qualquer momento, posso arrumar uma. Quando me relaciono com uma pessoa, ela acaba ficando famosa". Ele ainda fala de Victória: "Não me arrependo de ter deixado ela famosa, pois tudo isso é merecimento dela. Ela é muito competente. Não é nada do que as pessoas estão falando dela. Ela é uma pessoa muito boa mas deve pensar melhor nas atitudes dela. Acho que falta um pouco de gratidão".

Em uma mensagem final, Eduardo diz que não é um cara santo. "Todo mundo erra. Não sou um cara que erro e finjo que não errei. Se por acaso eu ofendi alguém com algo que falei, peço desculpas. Não me arrependo de nada, pois isso me fez crescer".

(Foto Destaque: Eduardo Costa e Victória Villarim. Reprodução/F5 NOTÍCIA)

Deixe um comentário