Notícias

Discurso de Martin Luther king Jr. é reacendido pela neta Yolanda

Seguindo os passos ativistas do avô Martin Luther King Jr., a adolescente Yolanda King, aos 13 anos de idade, discursa sobre racismo, pandemia e valores democráticos.

3 min de leitura
23 Jan 2022 - 00h02 | Atualizado em 23 Jan 2022 - 00h02

Na última quinta-feira (18), a jovem adolescente Yolanda King, aos 13 anos de idade, veio a público, no lugar em que seu avô discursou seu sermão dominical final: a Catedral de Whashington.

Yolanda, representando a terceira geração da família Luther King, seguiu a tradição e, apesar de discursar na Catedral, a jovem não fez um discurso religioso tradicional, mas, assim como Luther King, chamou o povo para a ação. Em suas declarações, ela abordou temas como racismo e democracia, bem como a pandemia de coronavírus, e exclamou sobre a urgência de que a geração Z seja melhor do que a atual.



Não vamos dormir durante estes tempos revolucionários, devemos estar acordados, e prontos para seguir com a luta dos que vieram antes, devemos lutar por aqueles que ainda estão por vir... depois de uma pandemia que está roubando nossa infância, e uma insurreição que quase roubou nossa democracia, eu acredito que seremos a geração que vai acabar com o racismo estrutural” - pontuou ela.

Antes de discursar na Catedral, Yolanda, juntamente com outros membros da família King, participaram, na quarta-feira (17), de uma passeata e manifestações, no intuito de promover a Lei da Liberdade ao Voto.


       Martin Luther King III ao lado da filha Yolanda. (Foto: Reprodução/Instagram).


O projeto de lei já havia sido aprovado em Câmara, mas enfrenta uma dura caminhada contra senadores do partido do atual presidente Joe Biden.

A vice-presidente, Kamala Harris, durante um serviço comemorativo em homenagem a Martin Luther King, na igreja Batista Ebenezer, apelou aos senadores para que aprovem a lei, em respeito à memória e legado de King, que promoveu a justiça racial, econômica e “a liberdade que desbloqueia todas as demais: a liberdade de votar”.

Biden declarou durante o anual café da manhã da National Action Network, em homenagem a King, que os legisladores devem optar por ficar do lado de líderes de direitos civis como Luther King ou do lado de segregacionistas.

Durante as manifestações e discurso em Washington, Martin Luther King III, filho de Martin Luther King Jr., lançou ao Presidente a seguinte declaração: “se você pode entregar um projeto de infraestrutura para pontes, você pode entregar direitos de voto para os americanos. Se não fizer isso, não há ponte nessa nação que possa superar o peso desse fracasso”.

Foto destaque:  Yolanda Renee King em manifesto pela liberdade ao voto. Reprodução/Instagram.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo