Notícias

Diretor do Detran é preso em operação que apura fraude em SP

Um diretor do Detran foi preso em casa com cheque de meio milhão e R$ 142 mil em dinheiro em São Paulo. A Polícia Civil investiga a participação dele em um esquema para fraudar multas e emissão de CNH.

3 min de leitura
24 Set 2022 - 10h30 | Atualizado em 24 Set 2022 - 10h30

Um cheque de meio milhão de reais foi encontrado na casa do um diretor do Detran em São Paulo. A apreensão foi feita pela Polícia Civil de Bauru, que investiga fraudes em emissão de carteira de motorista e multas.

Além do cheque de R$ 500 mil, mais R$ 142 mil em dinheiro vivo foram encontrados na casa do diretor do Departamento de Trânsito (DETRAN) em São Paulo. O valor não é compatível com a renda do diretor, que recebe um salário de R$ 7 mil.

A apreensão é resultado da operação da Polícia Civil que investiga fraudes em multas e emissão de carteira de motorista envolvendo o diretor, três despachantes e um policial militar. Nessa quarta-feira (21) os investigados foram presos. A investigação descartou a participação física de funcionários do Detran de Bauru e apontaram que o sistema foi invadido por um programa externo que possibilitava a alteração de dados à distância.


Além do dinheiro, armas de airsoft, armas de fogo e relógios também foram apreendidos pela polícia (Foto: Adolfo Lima/TV TEM)


Uma mulher que trabalhava no Detran de Bauru ao retornar de férias, percebeu as mudanças, como a retirada de multas e dívidas do sistema, emissão de CNH, feitas com as senhas dela e fez a denúncia. O delegado Glaucio Stocco, estima que entre abril e agosto deste ano, o sistema sofreu 1,1 mil ações suspeitas.

Ainda de acordo com as investigações o grupo criminoso cobrava de R$ 800 a R$ 7 mil para realizar as fraudes. Além da quantia encontrada na casa do diretor, outros R$ 30 mil em dinheiro foram apreendidos na casa de um dos despachantes. O esquema ilícito usava dedos de silicone, que também foram apreendidos, para simular presença em cursos de direção. Todos os cinco suspeitos ficarão presos temporariamente por cinco dias em São Paulo.

O Departamento de Trânsito disse, em nota, que está colaborando com as investigações e forneceu as informações necessárias. Os servidores ficarão afastados preventivamente e o Detran esclareceu que só neste ano realizou 2.300 fiscalizações e 12 operações para combater as ocorrências de fraudes e delitos.

Foto destaque: Polícia Civil de Baura faz apreensão Foto: Adolfo Lima/TV TEM 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo