Notícias

Di Cariello, brasiliense faz sucesso no YouTube ao mostrar carreira de sucesso

Diego Cariello começou a trabalhar aos 12 anos e hoje em dia tem três lojas em Brasília e Goiás

3 min de leitura
11 Out 2021 - 14h16 | Atualizado em 11 Out 2021 - 14h16

Há pessoas que não desistem nunca e, dos limões que a vida dá, os transforma em limonada. Diego Cariello de Oliveira José, de 32 anos, tem feito sucesso nas redes sociais ao compartilhar sua trajetória de sucesso como empresário. O Brasiliense e morador de Valparaíso, iniciou a vida como vendedor de jornal aos 12 anos e, hoje, possui uma rede de lojas que vendem produtos para narguilé. 

 

Sempre em busca de ganhar o próprio dinheiro, Cariello contou ao Metrópoles que sempre foi empreendedor. "Muito antes do meu primeiro emprego em uma banca de jornal, eu vendia rabiola, pipa e várias outras coisas para os meus amigos", relatou. E não foi por aí que ele parou. Enquanto vendia jornais - seu primeiro emprego-, Diego conta que também fazia "outros corres". "Ia cortar a grama do vizinho, lavar o carro de alguém da quadra de baixo. Sempre fui atrás de fazer outras coisas", relata. 

 

Com o sonho de estudar e passar em um concurso, Diego conciliava a vida, até os 18 anos, entre "bicos" e trabalhos fixos, mas foi aos 19 que teve a oportunidade de ingressar em uma carreira promissora. Após um processo seletivo, Cariello começou a trabalhar em uma grande empresa de telefonia celular com sede em São Paulo. O emprego, que exigia que ele viajasse por todo o país, o afastou de Brasília e, consequentemente, de sua família. Nesse tempo, seu pai, que sempre o motivou a seguir seus sonhos, descobriu um câncer no pulmão. 


Reprodução/Instagram


"Nesse trabalho eu fiquei três anos e meio e, a serviço, viajei para todas as capitais do país. Infelizmente, isso não me permitiu acompanhar o processo do meu pai", conta. Na intenção de ficar perto da família e seguir o sonho de passar em um concurso, Diego decidiu que era o momento de pedir demissão e voltar para a capital federal. 

 

Ainda cumprindo o aviso prévio, poucos dias antes de retornar à cidade natal, seu pai faleceu devido a complicações do câncer. "Eu estava em Salvador quando meu pai morreu, nem estava com ele. Foi um baque para mim. É muito complicado quando um parente, principalmente seu pai, adoece e falece dessa forma", lamenta. 

 

Foi quando Cariello focou nos estudos e nos concursos da capital do país. Todos os seus investimentos foram focados para os cursinhos e provas. Ao Metrópoles, o empresário contou que ficou um ano exclusivamente focado nos estudos e realizou 22 certames. "Queria trabalhar perto de casa e da minha família, o que meu antigo emprego não me permitia fazer. E, então, nas últimas quatro provas, eu passei. Consegui aprovação no Procon, Banco do Brasil e, também, na Caixa Econômica", explica. 

 

Logo na primeira chamada do certame da Caixa, Diego foi convocado e assumiu a vaga no banco. Ainda não satisfeito, o empresário decidiu ir além e com um ano trabalhando, foi se aventurar no ramo do narguilé. "Esse nem era meu forte, mas virou". Há sete anos ele abriu sua loja matriz, localizada em Valparaíso e, três anos depois, abriu uma segunda que está há quatro anos em funcionamento. A mais recente fica localizada em Brasília. 

 

Influencer digital

Na intenção de divulgar produtos e novidades que chegavam à sua loja, há três anos Diego começou a postar conteúdo nas redes sociais. Enquanto o fenômeno árabe fazia sucesso em Brasília, Cariello investia em divulgação através lives na internet. "Hoje o narguilé não é mais algo regional, ele já possui proporções nacionais", explica. 

 

Não só o narguilé, mas o canal do empresário também começou a ganhar visibilidade de outros lugares do país. Atualmente, Diego acumula mais de 33 mil seguidores no Instagram e, no YouTube, com mais de 116 mil inscritos, seu canal foi verificado pela plataforma e hoje é um dos maiores do Brasil nesse segmento. 

 

Aos 32 anos, Diego se orgulha da sua trajetória e deixa um recado para aqueles que desejam mudar de vida: “não desista dos seus sonhos, faça um pouquinho todos os dias, com muita garra e perseverança. Não desista diante das dificuldades, faça delas um motivo para ir além. Você pode vencer".

Deixe um comentário