Saúde

Cuidados necessários ao viajar com idosos

O envelhecimento delega uma grande responsabilidade com a saúde da população idosa, inclusive durante viagens. Conheça alguns cuidados que podem tornar a experiência de viajar com idosos ainda mais agradável, evitando sustos no meio do caminho.

3 min de leitura
28 Jan 2022 - 16h42 | Atualizado em 28 Jan 2022 - 16h42

Se engana quem pensa que idosos perderam o vigor e a disposição para novas aventuras. Não é raro vê-los em total entusiasmo para conhecer novos lugares e desfrutar da sensação de prazer e bem-estar proveniente de experiências inéditas.

No entanto, o envelhecimento promove alterações no corpo e aumenta a vulnerabilidade do organismo, deixando os idosos mais suscetíveis a episódios de desidratação, exposição solar e declínio de imunidade. Em razão disso, é necessário priorizar alguns cuidados ao viajar com pessoas idosas, ou mesmo instruí-los caso viajem sozinhos.

A acessibilidade é imprescindível quando se trata de meios de transporte e alojamentos. De acordo com o site UOL, alguns pontos a se priorizar são o check-in prioritário, o embarque com acompanhamento especial, hotel com elevador, equipe médica, rampas de acesso, além de corrimões e barras de apoio em áreas comuns, quartos e banheiros. Segundo a plataforma, grandes redes de hotéis têm tudo isso, mas a estrutura precisa ser pensada também para hotéis que não sejam de grande porte, pois acessibilidade é um direito assegurado a todo cidadão.


Estatuto do Idoso garante direito à educação, cultura, esporte e lazer. (Foto: Reprodução/Pixabay).


Manter uma dieta balanceada é outro ponto importante, mesmo que seja tentador fugir das recomendações por estar em um lugar novo e querer desfrutar de toda a culinária local. Para o idoso, pode ser interessante evitar alimentos com alto teor de calorias, lácteos em excesso e bebidas alcoólicas.

Antes de viajar, o idoso deve consultar um médico para avaliar a saúde em geral, assim, situações desagradáveis podem ser evitadas. Saber como está a saúde do corpo é indispensável sobretudo para aqueles que possuem idade avançada, dificuldade de locomoção e doenças crônicas.

Em caso de exposição ao sol, o idoso deve aproveitar antes das 10h e depois das 16h, momentos de menor incidência da radiação ultravioleta. Para a viagem, o protetor solar precisa ser um acompanhante inseparável, dê preferência a produtos com elevado fator de proteção para evitar desidratação, insolação e até mesmo o câncer de pele.

Não menos importante, a pessoa idosa precisa estar em harmonia, contar com acompanhantes ou funcionários do alojamento que sejam cordiais e afetuosos. Para o geriatra e médico da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), Carlos André dos Santos, a longevidade do idoso transcorre por quatro pilares: amizade, propósito, músculo e saúde mental, ligada à cognição. “Trata-se de uma equação que impacta diretamente a qualidade de vida de quem já passou dos 60 anos e quer seguir a jornada por muito mais tempo. A amizade representa as relações, fundamentais para qualquer ser humano. Independentemente da idade, somos seres sociais, incapazes de viver em isolamento. Por isso, é primordial que o idoso tenha com quem conversar, possa contar com alguém, assim como também tenha alguém que ele possa ajudar. Nutrir essas relações, inclusive com pessoas de outras gerações, traz brilho de vida e funciona como uma fonte de energia para a longevidade”, relata.

Viajar e explorar novos ambientes pode e deve ser parte da vida do idoso, desde que com parcimônia e responsabilidade.

Foto Destaque: Idosos Viajando. Reprodução/Freepik. 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo