Esportes

"Coração apertado, lágrimas e dor": A despedida entre Fábio e o Cruzeiro

A despedida do ídolo: Fábio usa as redes sociais para explicar sua saída do Cruzeiro, clube rebate e a torcida segue indignada e revoltada com a saída do goleiro após 17 anos.

3 min de leitura
07 Jan 2022 - 08h00 | Atualizado em 07 Jan 2022 - 08h00

É oficial: O goleiro Fábio não atua mais pelo Cruzeiro depois de 17 anos. Após várias tentativas de acordo com a nova gestão que comanda o Cruzeiro e longos dias de silêncio, nesta quarta-feira (05), Fábio usou as redes sociais para anunciar sua saída do clube por onde teve longas passagens gloriosas. Ao longo dos dias seguintes, o Cruzeiro foi alvo de críticas e protestos de sua torcida, que exigiam respeito e não aceitaram a saída do ídolo. 

Fábio tinha contrato com o Cruzeiro até o dia 31 de dezembro do ano passado e, segundo o atleta, já havia uma possível renovação em pauta, assunto que foi barrado pela nova gestão do clube, que considera a renovação com Fábio um ato acima dos limites financeiros do clube. Na postagem em seu Instagram, Fábio conta que houve tentativas de negociação e redução salarial, mas a equipe liderada por Ronaldo Fenômeno recusou mesmo assim. 




Além do salário, outro obstáculo para a permanência de Fábio seria uma dívida milionária de responsabilidade do Cruzeiro, o que deixou o jogador sem garantias sobre o pagamento, porém, Fábio afirma que também tentou negociar os débitos dos anos anteriores para permanecer no clube, mas também não foi aceito. "Mostrei total disponibilidade em negociar o débito dos anos anteriores, mas, infelizmente, não fui ouvido"

Por outro lado e também usando as redes sociais, o Cruzeiro publicou uma nota oficial, dando a sua versão. Segundo o clube, houve uma tentativa de "sacrifício financeiro" para mantê-lo até o fim do Campeonato Mineiro e assim, poder fazer uma despedida entre o atleta e a torcida, mas a proposta não foi aceita. 



A resposta da torcida cruzeirense foi a esperada por todos: indignação. Nesta quinta-feira (06), antes do treino do elenco profissional, alguns torcedores se reuniram no portão principal da Toca da Raposa e protestaram contra a nova gestão e a forma com que foi feita a negociação com o ídolo. "A torcida do Cruzeiro não vai aceitar o que estão fazendo com Fábio", disse um torcedor. 

A história de amor entre Fábio e o Cruzeiro 

Fábio foi o jogador que mais vestiu a camisa azul celeste, somando 976 jogos e 13 títulos, sendo tricampeão da Copa do Brasil e bicampeão Brasileiro. Fábio ingressou no Cruzeiro no fim do anos 1990 e era parte do elenco que venceu a Copa do Brasil em 2000. Após uma passagem pelo Vasco, Fábio retornou para o Cruzeiro em 2005 e já era titular absoluto em 2008. 



Fábio ergue a taça de campeão em 2014. (Foto: Douglas Magno)



Em 2013 e 2014, Fábio ergueu a taça do Campeonato Brasileiro e foi essencial para evitar o rebaixamento em 2015. O goleiro foi parado apenas por uma lesão em 2016 e retornou ainda melhor. Nos anos seguintes, foi bicampeão da Copa do Brasil e deixou claro que não abandonaria o Cruzeiro na queda para a Série B em 2020. Fábio também deixa o Cruzeiro com sete edições do Campeonato Brasileiro e 34 pênaltis defendidos. 

Foto destaque: Goleiro Fábio. Reprodução/Cruzeiro

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo