Gastronomia

Conheça os melhores novos restaurantes para provar em Roma

A revista Forbes listou os melhores novos restaurantes em Roma seguindo recomendação de escritores culinários. Apesar da crise gastronômica global, 2022 promete boa culinária na cidade cosmopolita.

3 min de leitura
29 Jan 2022 - 18h30 | Atualizado em 29 Jan 2022 - 18h30

Embora pareça que o setor gastronômico não foi muito impactado pela pandemia, as perdas foram expressivas, o que culminou em uma crise gastronômica global, inclusive na cidade de Roma, na Itália. Contudo, alguns empreendedores conseguiram se destacar apesar do cenário desafiador. A revista Forbes listou os melhores novos restaurantes em Roma para quem busca sabores extraordinários, as opções vão de neotrattorias e bares de vinhos naturais a locais badalados que servem comida caseira.

O Almatò nasceu e foi nomeado a partir da união de três amigos apaixonados por cozinha inovadora. Alberto (Martelli), Manfredi (Custureri) e Tommaso (Venuti) apostaram em um restaurante que se destaca pelas carnes e peixes, mas não deixaram as criações vegetarianas de fora. Alguns exemplos são: Camarão, melão e batata roxa, ou Vôngole 2.0, uma reinterpretação do spaghetti, com o molusco preparado sem sal. Além disso, eles contam com dois menus de degustação que possuem 5 ou 7 pratos e diversos sabores de vinhos com curadoria do maître e sommelier Riccardo Robbio. O local foi recomendado por Francesca Feresin.


Com boas refeições e um ambiente aconchegante, Almatò promete experiência transformadora. (Foto: Reprodução/TheFork).


No coração de Trastevere, reside o Aromaticus, um bistrô vegetariano e vegano que oferece plantas aromáticas, cozinha aberta e um pátio interno aos clientes. O menu conta com sopas, saladas e sanduíches, que dialogam com sabores mediterrâneos e internacionais. Como opção, o estabelecimento oferece macarrão de beterraba com creme de caju, sopa de cenoura e gengibre e lámen de missô e amendoim. No menu de bebidas, são encontrados o leite matcha, a kombucha e uma seleção de vinhos orgânicos. A recomendação é de Lavinia Martini.

Cervejaria metropolitana no Prati, a Biondamara Beer Lounge foi idealizada pelos irmãos Alessandro e Marco Lucchini, que trabalham com cerveja artesanal e a culinária típica da região. O chef responsável pela cozinha do Biondamara é Giacomo Zezza. Outros chefes famosos também passaram pela cervejaria, como Max Mariola e Igles Corelli. Na culinária, o salão de cerveja oferece opções de aperitivos ou jantares tanto para os amantes de carnes e peixes quanto para os vegetarianos. Ele foi recomendado por Elyssa Bernard.


Cervejaria Biondamara conta com o trabalho de chefs renomados. (Foto: Reprodução/Biondamara).


O Bottega Tredici é um restaurante gourmet contemporâneo dentro de muralhas históricas. Este também é um empreendimento de três amigos, Roberto Bonifazi, Francesco Brandini e Daniele Gizzi. Em referência ao número 13, número da sorte na Itália, o restaurante se identifica como um “laboratório de boa comida”. Na cozinha, os chefs Francesco e Roberto comandam, enquanto Daniele é um sommelier certificado que faz curadoria da carta de vinhos. No menu de degustação há 4 ou 6 pratos que contam com refeições como pato defumado com mirtilos, framboesas com arroz e peixe cru com abacate e limão. A carta de vinho contém vinhos naturais ou os lendários de norte a sul. A recomendação foi feita por Rowena Dumlao.

Oferecendo iguarias da América Central e do Sul, o Carnal do chef colombiano Roy Caceres tem um menu sazonal que mistura criatividade com ingredientes tradicionalmente latinos e produtos italianos de alta qualidade. Algumas iguarias famosas são as porções de mandioca, tacos al pastor, pluma di maiale e o 8 Colpi. O menu degustação possui oito pratos do chef e o ambiente deixa tudo mais confortável. O Carnal foi recomendado por Erica Firpo.

Prati de Roma é um bairro para quem tem sorte, porque são várias atrações culinárias no local. O Carter Oblio é um restaurante ambicioso que aposta na decoração minimalista e escandinava, com pratos inspirados e criativos. Além do preço adequado, o cliente tem uma experiência gourmet e aproveita as delícias do chef Ciro Alberto Cucciniello. Fortemente recomendado, o prato que mistura cenoura, purê de cenoura cozida com malte orzo, confit de cenoura e caramelo derretido conquistou o espaço de “um dos melhores pratos que já provei na minha vida”. A degustação conta com cervejas artesanais e vinhos não filtrados de produtores artesanais. A recomendação é de Lívia Hengel.


Fachada do restaurante Carter Oblio e sua decoração minimalista. (Foto: Reprodução/The Fork).


Na cena de comida de rua em Roma, a pizza em pedaço ocupa um lugar de excelência. O CasaManco n.4 serve pizzas em fatias desde 2016, quando começou no Testaccio Market. A massa leve, crocante e fácil de mastigar – resultado de um processo de fermentação de 100 horas – conquista o coração dos italianos e turistas. As refeições interessantes para quem deseja conhecer o local são a pizza com manga, linguiça nduja picante e queijo straciatella e uma pizza de molho vermelho com battuto di erbe fresche – uma mistura de salsa, manjericão e hortelã. O estabelecimento foi recomendado por Emma Law.

Circoletto, que pode ser traduzido como “pequeno clube social”, é um empreendimento de Manuel e Nicolò Trecastelli, que já possuem a tratoria romana Trecca em Ostiense. Agora com o Circoletto, eles permitem que os clientes tenham uma vista super interessante para o antigo Circo Massimo. Com a atmosfera de um clube italiano para membros da década de 1950, o local é uma boa pedida para quem quer passar tempo na companhia de amigos. O cardápio muda com frequência, mas é possível encontrar pratos atemporais, tais como sanduíches de pastrame e almôndegas cozidas em molho de tomate. Vinhos naturais acompanham as refeições. A recomendação foi de Andrea Strafile.


No Circoletto, os sanduíches são especialidade da casa. (Foto: Reprodução/Puntarella Rossa). 


“Um restaurante com quartos” poderia ser a definição do novo hotel Maalot, que está se destacando pelo serviço de culinária do restaurante Don Pasquale. Elogiado pelo design elegante e clássico romanos bem executados, o espaço lembra um clube colonial inglês eclético com banquetas de pelúcia, um lustre pendurado no teto de vidro em estilo de estufa e paredes de galeria com pinturas semelhantes às do Velho Mestre com um toque irônico. O jovem chef Domenico Boschi se formou no Dulcamara em Ponte Milvio e apresenta versões das receitas tradicionais cacio e pepe e berinjela à parmegiana. Laura Itzkowitz foi quem recomendou este restaurante.

Enoteca L’Antidoto foi o precursor dos estabelecimentos voltados a vinhos naturais. Localizado em um dos becos de Trastevere, ele tem 3 mesas e 5 assentos no balcão. Valerio ajuda o cliente a escolher o vinho, enquanto Flaviano prepara a comida. O menu e a carta de vinhos mudam constantemente com base na sazonalidade, disponibilidade e novas descobertas. É possível prever refeições com ênfase em frutos do mar frescos. Os vinhos são servidos apenas em garrafas, estimulando o relaxamento e o descanso. A recomendação parte de Sophie Minchilli.

O famoso Ercoli agora chegou em Trastevere. No local, o antigo teatro foi transformado em um paraíso gourmand de 700m2. Definido como uma delicatessen, wine bar, padaria, loja de comida gourmet e restaurante (e muito mais). Aberto diariamente, das 7h30 às 1h, algumas atrações são o presunto, burrata de qualidade, massas frescas, tartares de carne e peixe e sobremesas especiais. A recomendação foi de Maria Pasquale.


Ercoli Bakery em Roma. (Foto: Reprodução/Forbes). 


No Eufrosino, o chef Paolo D’Ercole trabalha em uma cozinha envidraçada com vista para uma grande sala de jantar mobiliada no estilo das antigas salas de bilhar. Lá, é possível encontrar comida caseira como frango frito à Toscana, mas a variedade é grande e vai de acordo com a disponibilidade de ingredientes frescos escolhidos pelo chef e sua parceira de vida e negócios, Chiara. Responsável pelos vinhos, o sommelier Paolo Abballe dá dicas de harmonização de vinhos. A recomendação foi de Saverio De Luca.

Inaugurada no final do ano passado, a Forno Conti & Co oferece o melhor de uma padaria tradicional italiana, visto a variedade de pães e pequenas pizzas do local. Croissants crocantes, babkas, baguetes recém-assadas, o pão sourdough e o pão de centeio também chamam a atenção dos degustadores. Para beber, a padaria disponibiliza cafés dos especialistas romanos em café Faro. A recomendação foi de Saghar Setareh.

Properzio Osteria di Mare proporciona uma vivência diferenciada com sua localização acessível e decoração charmosa e chique. Os belos pratos do chef Daniele Faia, especialista em frutos do mar, conquistam novos adoradores. No almoço, o restaurante disponibiliza dois pratos de €16 que combinam pão pinsa ou bruschetta com cobertura de peixe com uma massa de frutos do mar ou risoto. O menu à la carte é fixo no valor de €45 para quatro pratos. Além disso, uma pedida interessante é o nhoque com chouriço e polvo para tempero umami, equilibrado pelo marisco docemente caramelizado. A recomendação foi de Isobel Lee.


Prato do restaurante Properzio Osteria di Mari. (Foto: Reprodução/TheFork).


Rocco Ristorante é uma trattoria romana clássica com toques de modernidade, atraindo clientes descolados. A decoração conta com piso de pedras e vinco nas toalhas de linho branco prensado, além de placas de cerâmica com faixa vermelha escura. O menu do local muda diariamente, mas não abre mão da tradição, de modo que são oferecidas massas como carbonara, cacio e pepe e amatriciana; frutos do mar frescos de Anzio e costeletas de cordeiro à milanesa. A carta de vinho diferencia-se por ser de pequenos produtores das regiões do Lácio e Abruzzo. A trattoria foi recomendada por Gillian McGuire.

Por último, mais uma opção de comida de rua em Roma. Stefano Callegari fundou os populares sanduíches Trapizzino e resolveu mostrar que também é excelente com pratos em seu novo restaurante Romanè. O menu contém comfort food tradicional, a exemplo um bacalhau baccala frito, homus de brócolis à Romanesca e spaguetti all’amatriciana salpicado com guanciale extra crocante. A possível estrela do restaurante será o prato fettucine al tortellino, no qual Callegari transforma os sabores de um toetellino clássico (noz-moscada, parmesão, mortadela e presunto) em um primo extravagante. Por conta da casa, o chef simpático e acolhedor oferece um copo de mirto amaro no final da noite. A recomendação é de Alexandra Bruzzese.

 

Foto Destaque: Delícias do restaurante Eufrosino. Reprodução/Forbes. 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo