Saúde

Conheça cinco mitos de dieta e exercícios físicos desmentidos por especialistas em saúde

Quando se busca perder peso e entrar em forma, é comum experimentar procedimentos que prometem resultados rápidos. No entanto, dietas irregulares e métodos alternativos de emagrecimento não são eficazes em longo prazo

3 min de leitura
20 Jul 2022 - 16h54 | Atualizado em 20 Jul 2022 - 16h54

No que se refere à alimentação, ainda há uma enorme gama de desinformação na internet quando se trata dos melhores e mais eficazes exercícios e dietas para o corpo. Além disso, novas pesquisas estão constantemente surgindo e, com elas, novos conselhos sobre os “superalimentos” mais recentes que se deve comer, ou que tipo de atividades de cardio se deve realmente fazer.

Cumprir uma dieta não signifi ca sofrimento em curto prazo. Sua dieta, ou o que se ingere, não é temporário, e sim o que a pessoa escolhe colocar em seu corpo todos os dias para o resto da vida. Existem maneiras fáceis de colocar os hábitos alimentares no caminho ideal. Pode ser tão simples como comer menos calorias ou substituir um lanche não saudável por um mais saudável.

1. “Se você não se exercita com frequência, o exercício é uma perda de tempo”: embora seja recomendada alguma atividade física diariamente para compensar o tempo sentado no trabalho, bem como uma melhora no humor e energia, ainda podem ser obtidos grandes benefícios de uma ou duas sessões a cada semana, de acordo com um estudo realizado no Reino Unido e divulgado no início do ano;

2. “Sem dor, sem ganho”: muitas pessoas pensam que se seus músculos não doem ou seus pulmões não estão queimando durante o exercício intenso, não estão fazendo um treino de qualidade. A verdade é que o exercício não precisa ser doloroso para ser eficaz. Na verdade, exagerar no seu treinamento pode realmente fazer mais mal do que bem. Embora alguma dor seja esperada após iniciar um novo regime de atividades, uma exigência alta demais logo no início pode aumentar o risco de lesão. O exercício deve rejuvenescer o corpo, não exaurir ou esgotar;


Exercícios físicos devem acompanhar uma dieta bem feita. (Foto/Reprodução/HNW)


3. “Quanto mais você transpira, mais calorias você queima”: o objetivo da transpiração é ajudar a regular a temperatura corporal e a quantidade de suor é altamente individual. É afetada por fatores como temperatura do ar, umidade, roupas que usa e nível de condicionamento físico. Curiosamente, quanto mais apto você se torna, mais você tende a suar, pois o corpo se torna um sistema de resfriamento mais eficiente, permitindo que se exercite por mais tempo;

4. “Para perder peso, você precisa largar os carboidratos”: a questão é que a maioria das pessoas requer algum nível de carboidrato para funcionar em seu melhor. Eles ajudam a pensar, mover e respirar. Reduzir drasticamente a quantidade de carboidratos por muito tempo pode ter efeitos desastrosos – especialmente para aqueles que treinam regularmente;

5. "Eu treino, então isso anula a minha dieta ruim": a nutrição desempenha um papel muito maior na perda ou ganho de peso do que o exercício. Embora o exercício seja crucial para melhorar a aptidão, a composição corporal, a saúde cardíaca, a força, a massa muscular e a força óssea, o exercício sozinho só pode ter um efeito marginal na perda de peso sem uma intervenção nutricional. Essa proporção pode ser aplicada à construção muscular e também no ganho de peso. Enquanto não fornecer ao corpo a nutrição adequada e ver os resultados desejados, a atividade física como única prática não resolverá.

Foto destaque: Alimentação balanceada é fundamental para saúde. (Reprodução/FPH)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo