Notícias

Comitê recomenda que Congresso torne Trump ilegível a cargos políticos 

O Comitê feito para investigar a invasão ao Capítulo dos Estados Unidos, no dia 6 de janeiro de 2021, recomendou que o Congresso faça o ex-presidente Donald Trump e seus aliados ilegíveis a cargos políticos.

3 min de leitura
24 Dez 2022 - 18h30 | Atualizado em 24 Dez 2022 - 18h30

A Comissão da Câmara dos Estados Unidos entregou nesta quinta-feira (22) o relatório final da investigação da invasão ao Capitólio, em 6 de janeiro de 2021. O relatório indica que o ex-presidente Donald Trump conspirou para a invasão acontecer para impedir o resultado das eleições de 2020.

Ele também recomenda que o Congresso torne Donald Trump e seus aliados ilegíveis a cargos políticos, assim como pede o seu julgamento por incitar uma rebelião. No começo da semana, a comissão já tinha recomendado que fosse aberto um processo criminal contra Trump por incitar rebelião, conspiração de fraude e obstrução de ato do Congresso.

É a primeira vez na história dos Estados Unidos que o Congresso pede que se abra um processo criminal contra um ex-presidente.


Horas antes da invasão ao Capitólio, aconteceu o comício "Pare o Roubo" em frente a Casa Branca em Washigton. Mark Peterson/New York Times


O relatório possui 800 páginas, contendo 1200 entrevistas, 12 audiências públicas e centenas de milhares de documentos. Ele indica também a falha da segurança do Capitólio e acórdãos em mais de 60 tribunais federais e estaduais.

Trump fez uma postagem na plataforma Truth Social sobre o caso, na postagem ele alega que o Comitê é parcial e partidarizado, e acusa que a investigação foi uma trama contra ele o Partido Republicano para minar a sua candidatura para presidente em 2024.

A invasão do Capitólio em 6 de janeiro de 2021 deixou cinco mortos. Entre eles Brian Sicknick, policial do Capitólio desde 2018, que foi espancado pelos invasores até a sua morte, ele chegou a ser atacado com um extintor de incêndio, segundo o “New York Times”. Os outros quatro eram eleitores de Trump que acreditavam que a eleição tenha sido fraudada.

Segundo as autoridades, cerca de 964 pessoas foram acusadas e presas por crimes envolvendo a invasão do Capitólio, com 465 pessoas se declarando culpadas do seu papel durante a rebelião. O FBI e outras organizações contam com a ajuda pública para identificação de outros participantes.

 

Foto em destaque: Vídeos de Trump no dia da invasão foram mostrados pelo Comitê. Demetrius Freeman/The Washington Post 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo