Notícias

Com calor intenso, população porto-alegrense troca dia pela noite

Os habitantes de Porto Alegre estão trocando o dia pela noite, devido ao calor intenso que tem ocorrido nesses dias de verão, com uma sensação térmica muito maior do que a esperada.

3 min de leitura
21 Jan 2022 - 16h40 | Atualizado em 21 Jan 2022 - 16h40

No último domingo do dia 16 de janeiro de 2022, após uma forte chuva atingir a cidade de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, todos acharam que o calor iria dar boas vindas ao frio, o que não aconteceu. Sendo assim, depois da chuva, o mormaço quente só aumentou, trazendo consigo intensas ondas de calor, as quais foram capazes de chegar até a 40ºC registrados pelos termômetros, na terça-feira dessa semana.

Devido a situação atual e levando em conta os altos índices nos registros, muitos dos habitantes da capital estão esperando para sair de casa ou para trabalhar, se não houver chuva, apenas depois das 18h da noite.

A ciclista e advogada de 49 anos, Elisandra Marchezan comenta que neste momento está quase impossível passeios de bicicleta durante o dia, e diz que prefere pedalar a noite dentro da orla do Guaíba, por conta do vento refrescante e do tempo mais ameno.  


O bancário Pedro e seu cachorro Catraca caminhando a noite. (Foto: Reprodução/ Luciano Nagel/UOL/TAB UOL)


"Precisava fazer algo, me movimentar", Elisandra revelou que tem o costume de pedalar em sua bicicleta por cerca de 1h30min todos os dias e que iniciou  o esporte durante a pandemia, mas com esse calor é preferível fazer isso as noites por ser mais fresco, como em outro dia que o termômetro marcou 27ºC, depois das 20h da noite, que por conta de ser menos quente muitas pessoas também estão frequentando a ciclovia e o calçadão só após esse horário.

O bancário Pedro e seu cachorro Catraca caminhando a noite. (Foto: Reprodução/ Luciano Nagel/UOL/TAB UOL)

"Caminho com o Catraca 8 km por dia pela na nova orla do Guaíba. Ele adora passear e saio com ele todas as noites, assim ele não queima as patinhas por causa do calor no chão", o bancário de 35, Pedro Ermida Cruz destaca e  aproveita o anoitecer para dar uma boa caminhada com seu cão de estimação, Catraca de três anos. "Ele é o que mais sofre no calor e quando pode, adora tomar um banho e nadar". Pedro fala que no dia que as temperaturas em Porto Alegre chegaram a 40ºC na semana passada, ele levou Catraca no Guaíba para se banhar na água refrescante.

Desse modo, as altas temperaturas mostradas nos termômetros em toda capital gaúcha não diminuíram durante o dia, desde quinta-feira da semana passada, que não descem para menos de  35ºC ou até mais do que isso, o que acaba deixando a sensação térmica muito maior.

Júlia Kellerman de Moraes, uma professora de inglês de 31 anos tomou a decisão de ir caminhar mesmo embaixo do sol, devido a uma forte crise de ansiedade que estava vivenciando naquele momento em específico, porém com o extremo calor e o uso da máscara ela disse que se sentiu a beira da claustrofobia na rua.

"O calor é bem desagradável aqui em Porto Alegre. Há poucos dias eu estava em Salvador e lá o calor é diferente, tem uma brisa e tu não sofres tanto, não tem esse mormaço terrível que há aqui", Júlia comentou, cheia de protetor solar por todo o corpo.



Irmãs vendendo água nos semáforos, por causa do calor. (Foto: Reprodução/ Luciano Nagel/UOL/TAB UOL)


Outros habitantes da região chegaram a fazer comentários sobre a enorme intensidade do calor que assola o estado, além do que, com essa grande alta, o número de vendedores nos semáforos aumentou muito por conta da grande procura por água.

Foto destaque: Calor intenso chega a Porto Alegre. Reprodução/Luciano Nagel/UOL/TAB UOL

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo