Saúde

China aprova o uso do medicamento Paxlovid utilizado contra covid-19

A China aprova o uso de nova medicação da Pfizer para combater os sintomas mais leves da doença, ainda sendo discutido com as autoridades do país, não se sabe quando começará a compra da medicação para distribuir à população.

3 min de leitura
13 Fev 2022 - 13h56 | Atualizado em 13 Fev 2022 - 13h56

A China novamente poderá dar um passo a frente de outros países, foi aprovado o uso condicional da Paxilovid uma pílula desenvolvida pela Pfizer contra à covid-19.

Um  estudo feito pela Administração Nacional de Produtos Médicos do país comprovou que o uso da Paxilovid reduziu em 89% o risco de hospitalização e morte em adultos de alto risco, a primeira pílula de uso oral aprovada no país asiático para tratamento contra a covid-19, a China diz que a combinação da vacina junto ao uso da pílula, consegue combater as demais variantes.

O país diz que o uso do comprimido é para tratamento dos casos mais leves e brandos do vírus, visto que todos já foram vacinados, interessar-se evitar a propagação de novas variantes assim como aconteceu com o ômicron que deu um salto nas internações logo apos as fronteiras serem abertas.


 

Paxilovid, a nova droga ao combate do covid-19 (Foto:Reprodução/Revista Isto É/dinheiro)


Um estudo mais aprofundado sobre a medicação devera ser feito pelas autoridades, segundo o órgão farmacêutico da China, ainda não se  sabe quando será liberado pelas autoridades o uso da droga, mas já é um ato de esperança ter uma medicação que possa combater os casos mais leves.

Um representante da Pfizer em declaração disse que:"este é um marco muito importante em nossa luta contra a covid-19", sem passar muitas informações sobre o assunto, porém a Pfizer já vê um lucro de US$ 22 bilhões em vendas do tratamento somente neste ano. Em dezembro a Pfizer mostrou em estudos o resultado de eficácia do uso da droga.


Fabricante Pfizer ver fins lucrativos altisssimos com a venda do medicamento(Foto:Reprodução/G1)


Também há outros países que aprovaram o uso condicional do medicamento, como foi o caso no continente europeu e a Canadá, que além de ter aprovado o uso, já comprou as pílulas de Pfizer para distribuir a população. Com isso se sabe que a vacinação não irá parar ou acabar, o uso da medicação é somente para ajudar nos casos, ao invés de passar medicamentos paleativos contra o vírus da covid-19.

 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo