Notícias

Casa Branca reprova visita de Bolsonaro à Rússia

Líderes norte-americanos acreditam que a postura de Jair Bolsonaro vai contra a tentativa de evitar um conflito humanitário entre russos e ucranianos. Entretanto, presidente não se manifestou sobre as tensões políticas entre os países

3 min de leitura
19 Fev 2022 - 19h11 | Atualizado em 19 Fev 2022 - 19h11

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, demonstrou a insatisfação do governo norte-americano com a visita do presidente Jair Bolsonaro (PL) à Rússia na última semana. Durante o pronunciamento que aconteceu na sexta-feira (18), Psaki comentou que o Brasil parece estar na contramão da comunidade global. A afirmativa diz respeito à solidariedade declarada pelo presidente Bolsonaro ao governo russo.

O líder brasileiro decidiu visitar a Rússia em meio a uma forte tensão entre o país e a Ucrânia, gerando uma repercussão negativa na comunidade global. No encontro com o presidente russo, Vladimir Putin, Bolsonaro disse ser solidário à nação russa: “Temos muito a colaborar em várias áreas. Defesa, petróleo e gás, agricultura e as reuniões estão acontecendo”, completa o presidente do Brasil.



Jair Bolsonaro em visita a Vladimir Putin, na Rússia. (Foto: Reprodução/BBC News Brasil)


A representante dos Estados Unidos comentou que não discutiu diretamente com Jair Bolsonaro, mas diria que a maior parte da comunidade global compartilha da mesma visão, “de que invadir um outro país, tentar tirar parte do seu território, e aterrorizar a população, certamente não está alinhado com valores globais”, comentou. Já a porta-voz de Estado americano criticou veemente a postura do político, deixando claro que a atitude prejudica a diplomacia internacional e as tentativas de evitar um conflito humanitário.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil, conhecido como Itamaraty, lamentou a declaração de Jen Psaki. Na manhã de sábado (19), o órgão soltou uma nota informando que a fala de Psaki não foi construtiva, tampouco útil.

Anteriormente, o ministro da Defesa brasileiro, Walter Braga Netto, já havia informado que a crise russo-ucraniana não seria pautada na visita presidencial. Ao ignorar a situação, o Brasil chamou atenção dos norte-americanos e de seus aliados, que entendem a importância do país nas decisões internacionais em razão do seu posto no assento rotativo do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Foto Destaque: Porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki. Reprodução/ISTO É.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo