Politica

Candidato Bolsonarista que enfrentou Witzel e Paes é favorito na ALERJ

3 min de leitura
28 Set 2022 - 21h40 | Atualizado em 28 Set 2022 - 21h40

Estamos há poucos dias de uma eleição que irá definir os próximos rumos do Rio de Janeiro. Com os últimos seis governadores afastados ou presos por irregularidades, o cidadão fluminense precisa de representantes que consigam defender os interesses da família e ir contra as organizações criminosas que atuam há décadas no Rio.

E Alan Lopes, candidato a deputado estadual pelo PL, de número 22377, vem sendo um dos principais nomes da ala conservadora do Rio de Janeiro para os próximos quatro anos. Em conversa com o nosso site, Alan revelou que desde 1998 vem trabalhando contra, segundo ele, ideologias que atacam a estrutura educacional e a cultura nacional.

Participei de diversas audiências públicas e combati a implementação da ideologia de gênero nas escolas que tinha como objetivo discutir em sala de aula temas como sexualizacão em um ambiente para crianças inocentes. Tudo isso atinge os valores morais e éticos que vão contra os princípios cristãos que formaram nossa sociedade”, explica.


Manifestação. (Foto: Reprodução)


Durante a pandemia, logo nos primeiros dois meses, Alan Lopes recebeu informações sobre os esquemas criminosos de desvios de recursos praticados pela gestão do ex-governador Wilson Witzel. Com provas em mãos, foi o primeiro cidadão sem mandato a entrar com pedido de impeachment de Witzel, em maio de 2020.

Organizou dezenas de manifestações na porta da ALERJ e do Palácio Guanabara, pedindo a queda e a prisão do governador Witzel e seus principais apoiadores. Também foi contra o prefeito do Rio, Eduardo Paes, entrando com um mandado de segurança contra a obrigatoriedade do passaporte sanitário em lugares públicos dentro do município.


Documento de impeachment de Wilson Witzel. (Foto: Reprodução)


Eles obrigaram o comércio a fechar as portas e quebraram centenas de empresas que geravam milhares de empregos; impediram os autônomos de conseguirem trabalhar e levar o sustento de suas famílias. Além disso, aterrorizaram as pessoas mais vulneráveis a perder o cartão do programa social e o direito básico de fazerem cirurgias, caso não se submetam às suas ordens. Foi um período triste da história do Rio de Janeiro, mas eu lutei a todo momento pela liberdade do povo do Rio”, conta Alan. 


Processo contra o prefeito Eduardo Paes. (Foto: Reprodução)


Com ações importantes, como ter distribuído milhares de habeas-corpus individuais para que o cidadão pudesse garantir sua liberdade e protestos na porta da prefeitura contra Eduardo Paes, Alan Lopes é tido como um forte nome da direita do Rio de Janeiro para os próximos quatro anos de governo.

Foto Destaque: Reprodução.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo