Esportes

Brasil vence o Egito e conquista o primeiro Mundial de handebol de cadeira de rodas

A final aconteceu neste domingo (25) e o Brasil sagrou-se campeão após vitória sobre os donos da casa por 2 sets a 1. Federação busca a inclusão da modalidade nas Paraolimpíadas de Los Angeles 2028.

3 min de leitura
26 Set 2022 - 09h20 | Atualizado em 26 Set 2022 - 09h20

O Brasil se tornou o primeiro país a conquistar um título de Mundial de handebol de cadeira de rodas. A primeira edição do torneio teve sua final disputada neste domingo (25), em Cairo, no Egito. E o Brasil sagrou-se campeão ao derrotar os donos da casa por 2 sets a 1. A Eslovênia terminou na terceira colocação e completou o pódio.

A modalidade foi criada pelos brasileiros 1993, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a prática do esporte, a princípio, era para o lazer e inclusão dos estudantes com deficiências da Universidade, não havendo regras formalmente estabelecidas.

E agora em 2022, o país criador da modalidade se tornou o primeiro campeão mundial do torneio. Esse primeiro torneio mundial foi o primeiro passo para que a modalidade possa tentar a inclusão do esporte nas Paraolimpíadas de Los Angeles 2028.

O Campeonato Mundial de handebol em cadeira de rodas, o HCR4, é disputado por equipes mistas com quatro integrantes em quadra. Diferentemente do handebol tradicional, cada tempo de 10 minutos equivale a um set. Caso cada equipe vença um set, um tie-break de 5 minutos irá definir o vencedor. Caso persista o empate, a partida vai para os pênaltis (shoot-outs).

Foi dessa forma que Brasil venceu o Egito neste domingo. Após vitória brasileira no primeiro set por 8 a 3 e vitória dos egípcios no segundo por 7 a 6. No tie-break um empate em 3 a 3, levando para os pênaltis. O Brasil acertou três dos quatro arremessos, enquanto o Egito errou suas tentativas nas defesas do goleiro Marcelo. 6 a 3 no final.


Guilherme Lourenço foi um dos destaques do mundial (Foto: Reprodução/IHF)


Guilherme Lourenço foi eleito o MVP do Mundial (jogador mais valioso) e o segundo maior pontuador do torneio com 36 pontos. A artilharia ficou com o egípcio Magdy Talaat Abbas, que marcou 37 pontos.

A equipe brasileira campeã foi composta  por Aline Martins, Shirlei Catia, Anderson Ferreira, Claudinei Dias, Cristiane Kruger, Paulo Ricardo, Marcelo da Silva, Jordean Pereira e Paula Lima, além do já citado Guilherme Lourenço.

Foto destaque: Seleção Brasileira de handebol de cadeira de rodas. Reprodução/IHF.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo