Esportes

Brasil tem virada épica e vence a Argentina no vôlei masculino

Em uma noite, no Japão, em que tudo parecia dar errado, a seleção brasileira soube renascer em meio aos erros e na emoção os meninos da seleção conseguiram uma virada heroica no clássico contra a Argentina por 3 sets a 2.

3 min de leitura
27 Jul 2021 - 10h55 | Atulizado em 27 Jul 2021 - 10h55

Em uma noite, no Japão e manhã no Brasil (26/07), na qual tudo parecia dar errado, a seleção brasileira soube renascer em meio aos erros. Na marra, no talento e na emoção os meninos da seleção ignoraram a distância no placar e conseguiram uma virada heróica no clássico contra a Argentina por 3 sets a 2.

A Argentina entrou em quadra com agilidade, ritmo e agressividade o que gerou a vitória nos dois primeiros sets, apesar do bom desempenho dos Hermanos, a seleção brasileira também apresentou falta de concentração e dificuldade de finalizar as jogadas, para virar o jogo o Brasil teve que jogar sem medo.

O time do técnico Renan Dal Zotto permaneceu unido e chegou ao tie break bem diferente, disputando ponto a ponto. O ponteiro Leal iniciou o jogo com bastante dificuldade e foi substituído, por Douglas Souza, voltou para as quadras e foi o maior pontuador da partida com 18 pontos. Com essa vitória a equipe brasileira permanece com 100% de aproveitamento na competição. 



Bruninho comemora vitória brasileira - Foto: Julio Cesar Guimarães/COB


https://lorena.r7.com/post/Legado-olimpico-Arena-de-tenis-ira-para-iniciativa-privada

https://lorena.r7.com/post/A-fadinha-Rayssa-Leal-ganha-medalha-de-prata-nas-Olimpiadas
https://lorena.r7.com/post/Italo-Ferreira-vence-o-primeiro-Ouro-do-Brasil-em-Toquio-e-Gabriel-Medina-perde-semifinal-apos-decisao-polemica-dos-juizes

Após o jogo Lucão falou que: “Sempre falei, desde o começo, que os nossos dois principais jogos seriam os dois primeiros, contra a Tunísia e Argentina, e a gente não podia perder nem a pau em um grupo desse. Claro que a Argentina não se compara com a Tunísia, a Argentina vai fazer jogo duro com todo mundo, só que dentre as forças que a gente tem daqui para frente agora, é o mais fraco que vamos encontrar e não podíamos perder hoje...

O time demorou um pouquinho para engrenar, eles fizeram os dois primeiros sets impecáveis, conseguimos fazer um milagre", continuou Lucão em entrevista ao Sportv.

No grupo mais difícil em Tóquio a vitória dá um certo conforto na reta final da fase de classificação, o Brasil ainda enfrenta três favoritos ao pódio em busca de uma vaga nas quartas de final. O próximo adversário dos meninos da seleção é a Rússia, na quarta-feira as 09h:45 (horário de Brasília), em sequência pega os Estados Unidos e a França. Os quatro melhores de cada chave avançam para as quartas de final.

 

Foto de Destaque: Seleção brasileira comemora vitória contra a Argentina - Foto: Carlos Garcia/Reuters.

Deixe um comentário