Mundo Animal

Brasil tem diminuição na quantidade de abelhas e borboletas, indica estudo

Abelhas e borboletas são responsáveis pela polinização de quase todas as árvores frutíferas no mundo, e por isso extremamente importantes para a manutenção da vida.

3 min de leitura
26 Ago 2022 - 22h30 | Atualizado em 26 Ago 2022 - 22h30

Todo mundo sabe que todos os seres vivos são importantes, e cada inseto tem sua função na natureza.

Um grupo de pesquisadores da Unicamp e das universidades federais de São Carlos e do Rio Grande do Sul realizou um estudo sobre a redução de borboletas e abelhas no Brasil, compilando uma série de informações que mostram uma diminuição na quantidade destes delicados insetos.

Uma análise de 45 documentos científicos e pesquisas adicionais foram realizadas para juntar os dados necessários ao estudo. Com essa pesquisa descobriu-se que há uma queda na diversidade dos insetos, em grande maioria dos insetos terrestres, que possuem importância enorme para a agricultura.

Grandes polinizadores, esses pequenos são responsáveis por carregar pólen para outras plantas, que geralmente precisam desses seres para sua reprodução. Árvores frutíferas só dão frutos através desse sistema executado pelos insetos.

A agricultura também se beneficia desse “trabalho” para aumentar sua produtividade.

As abelhas são consideradas vitais para o planeta, e essa espécie foi declarada como a mais importante pela Royal Geographic Society, um importante instituto de geografia do Reino Unido.


Imagem: cokada/Getty Images/iStockphoto


Mas o que aconteceria se esses bichinhos desaparecessem? Ecossistemas dependem deles para sobreviver, e sem eles o mundo entraria em colapso, já que essas duas espécies são as grandes responsáveis pela polinização de 90% de flores e 75% das plantações de alimentos. Os dados são da Embrapa.

Além da produção de alimentos, outros animais se beneficiam da polinização, que gera alimentos para o reino animal de modo geral. Assim, sem as abelhas e as borboletas, seres humanos e todo o reino animal seria prejudicado, levando ao fim da vida na terra, pois onde há esses insetos tão sensíveis há um ambiente capaz de sustentar vida.

A diminuição desses seres indica que há algo errado com o nosso ecossistema.

O trabalho teve apoio da Fapesp e do CNPq foi publicado nesta terça (23/08) no  Biology Letters.

 

Foto destaque: Abelha. Reprodução/Agrote. 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo