Money

BCE eleva projeções de inflação para 2023

Após subestimar nos últimos dois anos a inflação, Banco Central Europeu eleva suas projeções para o ano de 2023, afirmando que o crescimento deve permanecer dentro da meta.

3 min de leitura
16 Dez 2022 - 08h39 | Atualizado em 16 Dez 2022 - 08h39

Banco Central Europeu, elevou suas projeções de inflação, em 50 pontos-base, na última quinta-feira (15), após uma "substancial revisão em alta para a perspectiva", afirmando que o crescimento dos preços deve permanecer acima da meta de 2%, em uma projeção que se estende até 2025.

Ainda em comunicado afirmou que o objetivo é elevar ainda mais os juros, com o intuito de atingir  "suficientemente restritivos para com o tempo reduzir a inflação ao conter as expectativas da demanda". As decisões ainda irmão depender dos dados, e serão feitas nas próximas reuniões.

O Banco Central Europeu, nos últimos dois anos, subestimou bastante a inflação, e ainda elevou as taxas de juros em quatro reuniões sucessivas para domar pressões de preços inesperadamente persistentes.

A instituição agora vê a inflação no bloco monetário de 19 países em 6,3% no próximo ano, se comparado com as expectativas de 5,5% feitas em setembro deste ano. Sua previsão para 2024 foi aumentada de 2,3% para 3,4% enquanto que, em sua primeira estimativa para 2025, o BCE vê a inflação em 2,3%.


Frente do Banco Central Europeu. (Foto: Reprodução/Money Times)


A inflação vem subindo por conta dos preços altíssimos da energia, mas os custos de alimentos e serviços estão agora se tornando cada vez mais proeminentes, tornando o crescimento dos preços relativamente amplo. Inicialmente a inflação foi impulsionada pelos gargalos da cadeia de abastecimento pós-Covid.

Da mesma forma, o crescimento econômico vai sofrer muito no próximo ano como por conta da guerra na Ucrânia, principalmente por conta do seu impacto na elevação dos preços da energia.

O BCE vê agora o crescimento do PIB em 0,5% para o ano de 2023, em comparação com os 0,9% previstos em setembro deste ano, já para 2024, o crescimento está previsto inalterado em 1,9%. Segundo o BCE, em 2025, o crescimento deve ser de 1,8%.

Ainda nesta quinta o conselho decidiu  princípios para normalizar seu balanço de ativos. O programa de compra de ativos (APP) será reduzido, em março do próximo ano, e não será reinvestido todo o valor dos títulos que vencem.

Foto Destaque: Christine Lagarde, presidente do BCE. Reprodução/Mark Wilson/Getty Images

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo