Música

Artigo: Harry Styles fecha 2022 com passagem meteórica e marcante pelo Brasil

Artigo: Harry Styles fecha o ano de 2022 com uma passagem meteórica e grandiosa pelo Brasil. Ao todo, o britânico cantou para mais de 194.500 fãs em cinco noites da Love On Tour em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

3 min de leitura
18 Dez 2022 - 21h30 | Atualizado em 18 Dez 2022 - 21h30

Após longos quatro anos desde sua última vinda ao Brasil, em 2018 com a primeira turnê solo, Live On Tour, Harry Styles retornou ao país para realizar cinco shows esgotados. As datas, 6, 8, 10, 13 e 14 de dezembro, chegaram como um belo presente de natal para os fãs não só de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba (onde os concertos aconteceram), mas de todo o país, e até de fora dele, depois de terem sido adiadas em 2020, em decorrência da pandemia mundial de Covid-19. 

Não é à toa que a Billboard classificou Styles como a segunda maior estrela pop de 2022. Com a Love On Tour Brasil, Harry reuniu mais de 194.500 fãs, somando as cinco datas. Foram três noites no Allianz Parque, em São Paulo, uma na Jeunesse Arena, Rio de Janeiro, e uma na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba. Há relatos de fãs que acamparam por um ano à espera do ídolo, na esperança de alcançar a tão sonhada grade. Parte do público o viu crescer e cresceu junto a ele, desde os saudosos 16 anos, no One Direction. Outros, no entanto, se apaixonaram por Styles depois que começou a traçar seu glorioso caminho solo, que já trilha há cinco anos. Fato é, que independente do tempo “de casa”, os fãs de Harry são fanáticos por ele, no bom sentido. 

Harry é um astro fora da curva. Vencedor de um Grammy com o smash hit Watermelon Sugar, o britânico de 28 anos torna o palco um lugar de gentileza, diversão, tesão e frenesi intensos. Preocupado em estar por dentro do idioma e cultura locais, Styles aprendeu palavras e expressões brasileiras como “boa noite”, “estava com saudades”, “raba”, “cola aqui”, “brazucas” e até mesmo aprendeu a diferenciar uma de suas comidas brasileiras favoritas, o pão de queijo, de “pau de queijo”.


Harry mostrando sua tatuagem em homenagem ao Brasil (Reprodução/Instagram)


Carregado de entusiasmo e amor declarado pelo país que tem tatuado na coxa, Harry também fez questão de se antenar sobre a música nacional. Cada show contou com uma música brasileira durante a playlist que antecedia o show, e uma para introduzir Late Night Talking. Trem das Onze (Adoniran Barbosa), Garota de Ipanema (Vinícius de Moraes e Tom Jobim), Águas de Março (Elis Regina), Baile de Favela (MC João) e Bum Bum Tam Tam (MC Fioti) foram as escolhas inteligentes de HS e sua banda para fazer com que o público se sentisse ainda mais em casa. Além delas, Harry parece ter se encantado por Amiga da Minha Mulher, de Seu Jorge (que fez questão de seguir no Instagram) e A Galera, de Ivete Sangalo. Na última, Harry tentou puxar um coro no show final e fingiu indignação quando seu jovem eleitorado não reconheceu de cara.



Styles também foi o senhor do tempo no país tropical. O intérprete de Satellite curiosamente parece ter sido um. Na primeira noite em São Paulo e no show de Curitiba, o artista cantou abaixo de temporais incapazes de levar a energia do público e do cometa Harry Edward. Já no Rio de Janeiro, onde cantou com o peitoral amostra, o clima de verão se fez forte e presente, em uma noite calorosa em todos os sentidos. 

“É por isso que eu amo o Brasil! Uma hora você está tomando sol em uma praia e na outra estou tomando chuva com vocês. Parece que eu fui feito para tomar chuva com vocês um pouquinho.”, foram palavras do inglês. E quem sabe não foi feito para isso mesmo? Celulares pifaram, fãs griparam e Harry ficou ensopado, mas Curitiba trouxe um momento cômico e marcante: a história de Tom, ou melhor, Tomás. 



Styles contou, divertido, que um amigo de sua equipe, chamado Tom, já se sentia brasileiro e se apresentava como Tomás. O melhor é que Harry proferiu o novo nome do amigo no típico estilo carioca, com o “x” bem acentuado. 

No dia 13, o álbum Fine Line, segundo solo da carreira, que tem os hits Adore You, Golden, Watermelon Sugar e Lights Up, completou três anos. Para agradecer por todas as conquistas que o disco o garantiu e para homenagear os fãs, Styles performou e emocionou com a faixa título, que traz o doce conforto de que todos ficarão bem. Fine Line é uma canção que não faz parte da setlist oficial da turnê. De letra forte e aconchegante, tê-la cantada em solo brasileiro fez com que o público tivesse a certeza de que não importa o que aconteça: “We’ll be a fine line. We’ll be alright”. 



A última quarta-feira não foi de cinzas, mas a sensação de ter Styles se despedindo foi tão dolorosa quanto. Em mais uma noite lotada no Allianz Parque, Harry deu pela última vez no ano um “E aí brazucas? Boa noite, galera! Boa noite, São Paulo! Boa noite Brasil!” e entregou a noite mais marcante dos 45 mil fãs presentes. Com um espetáculo pra cima e cheio de gratidão, agradeceu toda a equipe e aos fãs, levou a cantora jamaicana Koffee, responsável por abrir os shows da Love On Tour, ao palco para cantar consigo Late Night Talking, performou Medicine e dançou até se jogar no chão. 

Styles sabe onde chegou. Os olhos marejados do homem com alma de garoto não negam o quão longe ele se vê. Mas entregam o artista pé no chão e extremamente gentil que o britânico sempre foi. 2022 veio como uma enxurrada e serviu para consagrar ainda mais o astro pop diferente e único que Harry Edward Styles é. Com inúmeros recordes na conta e sete indicações para o próximo Grammy, Harry deixa o Brasil na promessa de não demorar para voltar. Para comer seu querido pão de queijo (não pau de queijo!) e aprimorar ainda mais seu português. Enquanto isso, restam as saudades e as memórias dos fãs de todo o país, que cismam em sonhar com as incríveis noites que Styles os proporcionou. 



“2022 mudou minha vida. Não posso começar a agradecer a todos os que me apoiaram, nunca o esquecerei. Espero que seu final de ano seja repleto de felicidade e calma. Amo todos vocês. Os vejo no ano que vem. H”

Foto destaque: Harry Styles no Rio de Janeiro. Fotos: Eduarda Monteiro





Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo