Notícias

Após um naufrágio, 39 pessoas se encontram desaparecidas

Um naufrágio deixa 39 pessoas desaparecidas. Após relatos de um homem resgatado, sem a identidade revelada, as autoridades acreditam que seja um caso de tráfico de pessoas.

3 min de leitura
26 Jan 2022 - 11h52 | Atualizado em 26 Jan 2022 - 11h52

Na terça feira (25), a Guarda Costeira dos EUA informou que as autoridades do país estão procurando por 39 pessoas, após um naufrágio. O barco onde as pessoas viajavam virou na costa da Flórida, no último domingo (23).

Uma pessoa alertou as autoridades quando na manhã de terça feira encontrou um homem agarrado a um barco virado. Ele estava à 70 km a leste de Fort Pierce Cove, no Atlântico. As autoridades acreditam que é um caso de tráfico de pessoas, porque o homem resgatado informou que ele e outras 39 pessoas deixaram as ilhas Bimini na noite de sábado, a 80 km de Miami. Já na manhã de domingo, houve uma tempestade que virou o barco.

O homem ainda informou que nenhuma das pessoas usavam colete salva-vidas. Após o resgate, o homem, com a identidade não revelada, foi levado ao hospital para tratar desidratação e exposição excessiva ao sol.


Sobrevivente resgatado (Foto: Reprodução/Guarda Costeira dos EUA/Reuters)


A Guarda Costeira informou: “As equipes de ar e de terra da Guarda Costeira estão buscando ativamente pessoas na água.” O naufrágio pode ter acontecido pelo excesso de pessoas no barco e às condições climáticas.

No momento, barcos de patrulha e aeronaves estão rastreando áreas das Ilhas Bimini e Fort Pierce Cove. Em uma postagem feita no Twitter, a Guarda Costeira dos EUA informou: “Navegar em embarcações sobrecarregadas e inadequadas para o mar é extremamente perigoso e pode levar à morte.”

A 80 km a sudoeste da costa da Flórida está localizada as Bahamas, onde costuma ser um ponto para imigrantes que tentam entrar de forma ilegal nos Estados Unidos. Muitas pessoas arriscam as suas vidas nessa viagem marítima.

Vale lembrar que na última sexta feira (21), outras 32 pessoas foram resgatas após um barco ter virado a oito quilômetros das Ilhas Bimini. A Guarda Costeira e as Forças Armadas das Bahamas também acreditam que esse caso foi uma operação de tráfico de pessoas.

 

Foto Destaque: Guarda Costeira em busca dos desaparecidos. Reprodução/Reuters

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo