Cinema/TV

Após perder processo judicial, Johnny Depp é afastado do elenco de ‘Animais Fantásticos’

Johnny Depp está deixando seu papel na franquia Animais Fantásticos. A notícia foi anunciada pelo próprio ator em post no Instagram, em que revelou que teve que sair a pela Warner Bros.

3 min de leitura
23 Dez 2020 - 20h27 | Atulizado em 23 Dez 2020 - 20h27

O ator Johnny Depp está oficialmente fora dos próximos filmes da franquia de ‘Animais Fantásticos’, spin-off do universo de Harry Poter. Depp teve que se afastar das produções na qual ele era um dos personagens chave no papel de Gellert Grindelwald, a pedido da pripria Warner Bros., detentora dos direitos cinematográficos da obra.

A confirmação veio através do próprio ator, que usou a sua conta no Instagram para alertar aos fãs a respeito de sua ausência no terceiro capítulo da franquia (até então, sem nome definido e previsto para estrear nos cinemas em novembro de 2021).


(Johnny Depp como Gellert Grindelwald. Reprodução:  Warner Bros.)


Através de uma carta de esclarecimento Depp declarou:

Em razão dos eventos recentes, eu gostaria de fazer um breve pronunciamento”, começa a carta do ator, citando a disputa judicial contra Amber Heard, em que é acusado de violência doméstica.

Primeiramente, gostaria de agradecer a todos que me deram apoio e lealdade. Eu fiquei honrado e comovido com todas as suas mensagens de amor e preocupação, especialmente nos últimos dias”, continuou o ator, que em seguida anunica:

Em segundo lugar, gostaria de informar que a Warner Bros. pediu que eu deixasse o papel de Grindelwald em Animais Fantásticos, e eu respeitei a decisão e aceitei. Por fim, tenho que dizer isso. O julgamento surreal no Reino Unido não mudará minha luta para contar a verdade, e confirmo que planejo recorrer”, disse o ator, referindo-se ao processo que perdeu recentemente contra o tabloide inglês The Sun. “Continuo determinado e pretendo provar que as alegações contra mim são falsas. Minha vida e carreira não serão definidas por esse momento. Obrigado por ler”, encerrou o comunicado.


(Post no Instagram de Johnny Depp. Repordução: Instagram @JohnnyDepp)


A notícia da demissão vem dias após a sentença desfavorável do processo aberto por Depp contra o The Sun, por ter sido caracterizado como "wife beater" [agressor doméstico, em tradução livre] pelo tabloide. Isso ocorreu após sua ex-esposa, escrever um artigo para o jornal The Washington Post alegando ter sofrido violência doméstica do ator em 2018.

 

Leia mais: Disney Plus anuncia lançamento no Brasil com plano promocional

 

Após o anúncio e repercussão da carta de Depp, a Warner Bros confirmou a demissão ao Hollywood Reporter, por meio de um porta-voz. A nota diz: “Johnny Depp partirá da franquia Animais Fantásticos. Agradecemos a Johnny por seu trabalho nos filmes até agora. Animais Fantásticos 3 está atualmente em produção e o papel de Gellert Grindelwald será reformulado." O filme deve estrear nos cinemas de todo o mundo no verão estadunidense de 2022 (entre junho e setembro), adiantou o estúdio.


(Cena de Animais Fantasticos: Os Crimes de Grindelwald. Reprodução:  Warner Bros.)


Também é importante ressaltar, que o afastamento do ator, tal como as recentes polêmicas envolvendo as alegações de violência doméstica, possivelmente terão efeitos ainda maiores para a carreira de Depp. Segundo o site We Got This Covered, a Disney também estaria descontente com o ator e já teria desistido de convidá-lo para futuros lançamentos da franquia Piratas do Caribe, deixando o astro que viveu o Capitão Jack Sparrow por anos, de fora de um possível reboot da obra.

 

Agora os fãs se dividem em opiniões diversas sobre o assunto. Se por um lado, após o anúncio da saída do ator da produção, Depp ganhou mais de 200 mil novos seguidores no Instagram, em forma de apoio. Por outro, grande parte da mídia americana chama a atriz Amber Heard de "guerreira".

 

 

(Imagem Destaque: Ator Johnny Depp em Londres, Reino Unido. Reprodução: Corriere Della Sera)

Deixe um comentário