Notícias

Após declaração de Bolsonaro embaixador brasileiro do Chile é convocado

Nesta segunda-feira, dia 29 de agosto, o embaixador brasileiro do Chile, Paulo Roberto Soares, foi convocado em forma de protesto após as ofensas que Bolsonaro disse sobre o presidente do Chile.

3 min de leitura
29 Ago 2022 - 19h36 | Atualizado em 29 Ago 2022 - 19h36

Nesta segunda-feira, dia 29 de agosto, o embaixador do Brasil, Paulo Roberto Soares Pacheco, foi convocado pelo Chile na cidade de Santiago. O motivo da convocação foi em protesto devido aos comentários do presidente Jair Bolsonaro sobre Gabriel Boric que foi acusado de “queimar o metrô” durante protestos em 2019. De acordo com Antonia Urrejola, ministra das Relações Exteriores, as acusações do presidente são falsas e muito graves. "Consideramos essas acusações (de Bolsonaro) gravíssimas. Obviamente são absolutamente falsas e lamentamos que em um contexto eleitoral as relações bilaterais sejam aproveitadas e polarizadas por meio da desinformação e das notícias falsas", disse a ministra.

O jornal chileno “La Tercera” disse que uma citação representando uma nota formal de protesto foi enviada, em Santiago, para o embaixador do Brasil Paulo Roberto.

As declarações de Bolsonaro contra Gabriel Boric, aconteceram durante suas considerações finais no primeiro debate presidencial na emissora Band, no último domingo, dia 28. "Lula apoiou o presidente do Chile também. O mesmo que praticava atos de tocar fogo em metrôs lá no Chile. Para onde está indo o nosso Chile?", disse o atual presidente.


Reprodução: Twitter.


Gabriel Boric, atual presidente do Chile, assumiu o cargo em março deste ano de 2022. Gabriel Boric Font, de 36 anos, é um ex-líder estudantil, foi membro da câmara dos deputados desde 11 de março de 2014 até 11 de março de 2022, quando assumiu a presidência do país. Gabriel ganhou com base em uma campanha de esperança que defendia mudanças e prometia fortalecer um estado de bem-estar social.

O jornal “La Tercera” revelou ainda que a ministra Urrejola disse que os chilenos não acham que essa seja a forma de fazer política, principalmente se tratando de dois chefes de Estados que foram escolhidos pelo povo democraticamente, e que deveria ter respeito acima de qualquer divergência de ideias. Acrescentou ainda que é necessário fortalecer o relacionamento com o Brasil.

 

Foto destaque: Jair Bolsonaro no debate presidencial. Reprodução: Twitter.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo