Notícias

Ano novo: ANEEL veste bandeira verde

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou nesta última sexta-feira (30) a nova bandeira tarifária para o mês de janeiro de 2023. Consumidores continuarão sem pagar valor adicional nas contas de luz.

3 min de leitura
31 Dez 2022 - 09h04 | Atualizado em 31 Dez 2022 - 09h04

As boas condições para gerar energia elétrica no país continuam à todo vapor, o que significa bandeira verde aos brasileiros, que não terão custos adicionais em cima dos gastos realizados.

Mas afinal, o que significa essa bandeira verde e esse valor adicional?

Bandeiras tarifárias é o Sistema que sinaliza aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. Para tanto, as cores das Bandeiras (verde, amarela ou vermelha) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

A bandeira verde significa o melhor cenário de abastecimento das usinas hidrelétricas, ou seja, com a chegada do período chuvoso os níveis dos reservatórios melhoram, favorecendo as condições de geração das usinas elétricas, não sendo necessário acionar empreendimentos com energia mais cara, como é o caso das usinas termelétricas.



O Brasil é um dos países mais dependentes da energia hidrelétrica do mundo. Cerca de 65% da energia elétrica é produzida em hidrelétricas. Quando as reservas das usinas estão altas, e o consumo de energia baixo, não há problema nem mudança de valor, mas quando as reservas estão baixas e o consumo alto, é necessário ativar mais usinas termelétricas para gerar eletricidade, o que aumenta o valor a ser pago pelos consumidores.

Os consumidores não têm valor adicional desde abril de 2022.

Em nota, o diretor-geral da ANEEL, Sandoval Feitosa, declarou que estão trabalhando continuamente para apresentar melhorias na metodologia das bandeiras e ressaltou a decisão aprovada na data anterior (29). “Temos trabalhado para garantir tarifas de energia cada vez mais justas, o que inclui melhorias contínuas na metodologia das bandeiras e reduções estruturais nos custos, como a que aprovamos ontem,” disse Sandoval, referindo-se à redução de 34,5% no custo da energia gerada pela usina hidrelétrica de Itaipu.

O que nos leva a outra notícia que agrada ao bolso dos consumidores, a aprovação da tarifa provisória de repasse da energia produzida pela usina de Itaipu Binacional.

 

Situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas

De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que mostram os níveis dos principais reservatórios de energia do país, coletados pelo site g1 economia, o subsistema sudeste / centro-oeste, responsáveis por 70% da capacidade de produção de energia no país, estava em 51,9% até a última atualização feita nesta quinta-feira (29), situação considerada confortável pelo operador.

No mesmo período do ano passado, o site levantou que os mesmos reservatórios encerraram dezembro com cerca de 25% do volume apresentado. No ano passado, o país enfrentou uma crise energética.

Ainda de acordo com o site, segundo dados do ONS, a perspectiva é que os reservatórios dos quatro subsistemas do país encerrem mesmo o ano de 2022 como níveis superiores a 50%.

 

Foto destaque: Publicação da ANEEL sobre bandeira tarifária vigente em janeiro de 2023. Reprodução/Twitter.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo