Notícias

Alckmin se encontra com Bolsonaro para falar da transição presidencial

O encontro entre os Geraldo e Bolsonaro durou menos de dez minutos antes de o presidente Bolsonaro retornar à sua residência oficial no Palácio da Alvorada.

3 min de leitura
03 Nov 2022 - 21h30 | Atualizado em 03 Nov 2022 - 21h30

Nesta quinta-feira, 3/11, o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro (PL) onde reafirmou apoio à transição com o governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no gabinete presidencial. 

Alckmin, assumiu a coordenação da equipe de transição para o próximo governo e disse: 

‘’Foi positivo. O presidente convidou, nós estávamos saindo já. Reiterou o que disse o ministro Ciro Nogueira e o general Ramos. Para que se tenha uma transição tranquila, da disposição do governo de prestar todas as informações, colaborações, pautadas pelo interesse publico”. 

A reunião foi breve, segundo o assessor presidencial, para permitir que o presidente disponibilizasse a estrutura do governo durante essa transição. O atual chefe de gabinete, Pedro César de Sousa, trouxe Alckmin para Bolsonaro. O vice-presidente eleito foi chamado por assessores de Bolsonaro ao deixar o palácio após falar com repórteres.


Foto: Na sala do gabinete presidencial o Alkimin e Bolsonaro ( Reprodução/Agencia Brasil) 


O encontro entre os dois durou menos de dez minutos antes de o presidente Bolsonaro retornar à sua residência oficial no Palácio da Alvorada.

As declarações de Alckmin vieram após a equipe de transição se reunir com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas. Também participaram os ministros Vital do Rêgo, Antonio Anastasia e Jorge Oliveira.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e o coordenador do plano de campanha de Lula, Aloizio Mercadante, acompanharam a equipe de transição de Alckmin em Brasília para as conversas iniciais.

A declaração foi feita após encontro com o ministro-chefe da Casa Cívica, Ciro Nogueira, e a Secretaria-Geral da Presidência, general Luis Eduardo Ramos. Segundo ele, o processo foi instalado por transparência.

Após encontro com Lula, o nome da equipe deve ser divulgado. 50 pessoas estarão trabalhando no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, na próxima semana. Alckmin não descarta ter mais nomes, mas como voluntário.

Podemos requisitar algum servidor e voluntários que tenham conhecimento e possam colaborar com a transição. Os nomes serão divulgados na segunda-feira, após reunião com Lula''. afirmou Geraldo.


Foto de destaque: O vice Geraldo Alckmin no gabinete presidencial (divulgação/Instagram) 

 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo