Notícias

Acusada de acumular dívidas com cofres públicos, Margareth Menezes desmente acusações

A futura ministra da Cultura desmente as acusações e explica que as atividades das suas empresas foram afetadas pela pandemia, mas as dívidas já estão sendo pagas.

3 min de leitura
17 Dez 2022 - 18h00 | Atualizado em 17 Dez 2022 - 18h00

Margareth Menezes da Purificação é uma cantora, compositora e atriz, foi convidada pelo atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ser ministra da Cultura. Margareth é a primeira mulher anunciada como ministra do governo Lula.

A cantora que tem uma grande trajetória com mais de 35 anos de carreira é conhecida pelo sucesso nacional e internacional na música. 

A artista está sendo alvo da imprensa com acusações enganosas, onde dizem que a mesma acumula dívidas de mais de R $1 mi com cofres públicos. Margareth desmentiu a matéria e fez esclarecimentos aos dados revelados, ela faz um convite a sociedade brasileira e a todo setor da produção cultural e artístico do país para que a cultura brasileira seja tratada com o respeito e a verdade que são necessárias, reforçando que um setor que movimenta um volume de 5% dos trabalhadores e trabalhadoras do país, deve ser reconhecido pela sua grandeza.


Margareth Meneses (Foto: Reprodução/Antonio Cruz/Agência Brasil)


Margareth tem um projeto social que oferece cursos profissionalizantes a jovens e oficinas de arte a crianças através de uma organização não governamental que ela mesmo fundou. 

Em dezembro de 2020, o Tribunal de Contas da União (TCU) condenou a Associação Fabricia Cultural a devolver 338 000 reais aos cofres públicos. Esse valor menciona irregularidades detectadas em um convênio assinado em 2010, que foi o último ano do governo Lula.

A futura ministra da Cultura afirma que jamais sofreu qualquer condenação pelo TCU, não há qualquer condenação contra ela. O processo que está ocorrendo se refere a um convênio firmado entre o Ministério da Cultura e a Associação Fábrica Cultural para a implantação do projeto "I Encontro com as Culturas Identitárias/BA", que aconteceu no período de 22 a 30 de outubro de 2010. Os débitos que dizem respeito à Receita Federal são referentes às pequenas empresas que possuíam uma dívida tributária que foi acentuada pelo período de pandemia. Graças as retomadas das atividades em 2022 os processos de regularização foram sendo retomados e no momento as dívidas estão regularizadas.

Foto Destaque: Margareth Menezes a nova ministra da cultura. Reprodução/José de Holanda.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo