Notícias

A onda progressista latino americana

3 min de leitura
21 Jun 2022 - 19h26 | Atualizado em 21 Jun 2022 - 19h26

Eleito primeiro presidente de esquerda da história da Colômbia, Gusttavo Petro, que já concorrera pelo cargo em 2010 e 2018 consolida o avanço dos governos progressistas na América Latina.

 

Apesar do voto não ser obrigatório para os colombianos, órgãos de imprensa apontam que houve grande participação do eleitorado na eleição vencida pelo político e economista que integrou a guerrilha na década de 80.

 

México, Argentina, El Salvador, República Dominicana, Peru, Honduras e Chile são os outros integrantes do bloco latino-americano que optou por governantes de atuação progressista.

 

O cenário mundial adverso mostra o porquê dos líderes dos países citados serem diferentes daqueles que adotaram a mesma vertente política anteriormente. 

 

O conflito entre Rússia e Ucrânia e as disputas entre uma China que se torna cada vez mais poderosa com a potência norte-americana impactam a América Latina que não mais possui a mesma integração política e social de antes.

 

As lideranças progressistas tendem a ser mais administrativas e ponderadas, como aponta análise feita pela Cooperativa Ponto e Vírgula publicada pela rede de coletivos Jornalistas Livres.

 

 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo