10 motivos para praticar atividades físicas

Publicado 27 de Aug de 2020 às 18:35

Em tempos de isolamento social, a prática de atividades físicas se torna uma importante aliada.

Os benefícios de uma boa alimentação associada das atividades físicas são inúmeras, inclusive quando se trata da questão imunológica.

Saiba mais: Cuidado com a saúde reforçando a imunidade 

Vale ressaltar que os exercícios físicos não previnem o contágio do novo coronavírus. Porém, deixa o organismo mais resistente e protegido contra outras doenças.


atividades físicas

(Exercícios físicos, um aliado em tempos de pandemia. Foto: Reprodução/Cura)


Pensando nisso, o #LorenaBueriNews entrou em contato com o profissional de educação física, Arthur Lopes, que destacou 10 motivos para você praticar atividades físicas, seja em casa ou com a reabertura das academias.

1. Combater o sedentarismo

sedentarismo está diretamente ligado ao estilo de vida (alimentação, trabalho e atividade diária) e é considerado um dos principais fatores de risco para a morte súbita, estando na maioria das vezes associado direta ou indiretamente as causas ou ao agravamento da grande maioria das doenças. A atividade física estimula o melhor funcionamento dos diversos sistemas no organismo, entre eles o respiratório e musculoesquelético, assim como promove motivação psicológica e sensação de “bem estar”.

2. Combater a obesidade infantil e adulta 

Ademais, caminhadas, corridas, dança e ciclismo estão entre as práticas mais simples e eficientes para combater a gordura. Nestes exercícios, são trabalhados vários grupos musculares (pernas, braços, abdômen) de forma contínua ou intervalada e de intensidade moderada. Durante a prática, é esperado um moderado aumento da frequência cardíaca e respiratória, o que melhora gradativamente o condicionamento físico.

3. Melhora do funcionamento do sistema imunológico 

O sistema imunológico atua na defesa do organismo contra ataque de invasores externos (bactérias, fungos, protozoários ou vírus). Uma das principais formas de melhorar o funcionamento desse sistema, é com a prática de exercícios físicos de maneira regular e bem orientada.

4. Reduzir a incidência de câncer 

O exercício físico pode melhorar a longevidade de sobreviventes de câncer além de diminuir o risco de incidência. A atividade física diária também reduz o estresse oxidativo, isto é, a produção de radicais livres, que podem estar associados com o desenvolvimento de certos tipos de câncer, assim como sedentarismo. Portanto, ela é fundamental não só para prevenção, mas também para quem está em tratamento ou já passou por um.

5. Estímulo na produção de neurotransmissores 

Uma das maneiras pelas quais os exercícios promovem a saúde mental é normalizando a resistência à insulina, aumentando os hormônios e neurotransmissores naturais associados ao bem estar e ao controle de humor.

6. Redução e prevenção de depressão e transtornos mentais 

Quando nos exercitamos, o nosso corpo libera endorfina, substância natural produzida pelo cérebro durante e após a realização de uma atividade física. A liberação de endorfina, também conhecida como hormônio da alegria, ajuda a relaxar, reduz o estresse e a ansiedade e melhora o humor.

7. Diminuição e Redução do Colesterol 

Ser uma pessoa ativa aumenta a lipoproteína de alta densidade (HDL), também conhecido como “colesterol bom”, além de reduzir os níveis de triglicerídeos, LDL (“colesterol ruim”) e reduz percentual de gordura. Essa combinação o diminui o risco de doenças cardiovasculares.

8. Redução de incidência de doenças metabólicas 

Se exercitar de maneira regular e orientada reduz o impacto de doenças como hipertensão, diabetes e outra síndromes metabólicas, assim como reduz a chance de suas incidência.

9. Aumento da massa magra e produção de força 

Afinal, à medida que as pessoas envelhecem, elas tendem a perder massa muscular, o que pode levar a lesões e incapacidades. O Treinamento de força, seja com o peso do próprio corpo, elásticos, pesos livres ou em máquinas, ajuda a aumentar a massa muscular e força. O ganho de força muscular auxilia também na prevenção de dores e no melhoramento da postura.

10. Aumento da densidade mineral óssea 

Assim como a massa muscular, a densidade mineral óssea é reduzida com o envelhecimento. Praticar atividade física regular é importante para evitar tal perda, bem como manter autonomia durante a terceira idade. Além disso, o exercício ajuda a construir a densidade óssea quando você é jovem, além de ajudar a prevenir a osteoporose mais tarde na vida.

No entanto, ressaltamos que todos esses exercícios devem ser orientados por um profissional da área, para que possam orientar as atividades de acordo com as condições físicas, se tem questão cardíaca, problema de articulação ou alguma limitação.

 

(Foto destaque: Organismo mais resistente e protegido contra outras doenças. Reprodução/Vix)

Deixe um comentário