Celebridades

Meghan Markle abre o coração sobre aborto sofrido

A Duquesa se Sussex, Meghan Markle, escreveu um artigo muito emocionante para o The new York Times. No artigo a duquesa conta sobre um aborto sofrido recentemente e como está aprendendo a se curar.

3 min de leitura
25 Nov 2020 - 13h58 | Atulizado em 25 Nov 2020 - 13h58

Nesta quarta-feira (25) Meghan Markle, a Duquesa de Sussex, escreveu um artigo para o The New York Times para pedir mais preocupação e empatia entre as pessoas. O texto intitulado “As perdas que compartilhamos: Talvez o caminho da cura comece com as palavras ‘você está bem?’”, começa contando sobre um aborto espontâneo sofrido em meados de julho.

Leia Mais: Duda Nagle desabafa sobre a saúde de sua mãe

Meghan conta que começou o dia como qualquer outro, e quando foi tirar seu filho, Archie de um ano, do berço quando sentiu fortes dores e percebeu que algo errado estava acontecendo. "Eu sabia, enquanto agarrava meu primogênito, que estava perdendo o meu segundo filho". E enquanto estava vendo seu marido, Príncipe Harry, se partir em pedaços, percebeu que a única maneira de começar a cura de tudo aquilo era perguntando “Você está bem?”.


Meghan e Harry estão casados há dois anos e possuem um filho, Archie. (Foto: Reprodução/Instagram)


A duquesa continuou. “Perder um filho significa carregar uma dor quase insuportável, vivida por muitos, mas mencionada por poucos. Na dor da nossa perda, meu marido e eu descobrimos que em um quarto com 100 mulheres, 10 a 20 delas sofreram aborto espontâneo. No entanto, apesar da impressionante semelhança dessa dor, a conversa permanece um tabu, repleta de vergonha (injustificada) e perpetuando um ciclo de luto solitário. Algumas têm, corajosamente, compartilhado suas histórias; elas abriram a porta, sabendo que quando uma pessoa fala a verdade, isso dá licença para todas nós fazermos o mesmo”.

Meghan termina o seu artigo com uma forte mensagem de empatia. “Nós aprendemos que quando as pessoas nos perguntam como estamos, e quando eles realmente escutam a resposta, de coração e mente aberta, o peso da dor costuma se tornar mais leve - para todos nós. Ao ser convidado a dividir nossa dor, juntos tomaremos os primeiros passos em direção à cura”.

(Foto Destaque: Meghan Markle abre o coração sobre aborto sofrido. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário