Saúde e Bem Estar

Academia: Saiba quais são os suplementos mais utilizados e seus benefícios

Suplementos são muito utilizados por atletas de alto rendimento e pessoas que frequentam a academia. Ajudam a complementar a alimentação e a desenvolver os músculos.

3 min de leitura
14 Dez 2020 - 17h29 | Atulizado em 14 Dez 2020 - 17h29

Com a proximidade do verão e aumento das temperaturas, as academias começam a ter uma demanda de público maior. Certamente se você já frequentou uma academia ou entrou recentemente, já ouviu alguém dizer que está tomando algum tipo de suplemento. A oferta é grande e muitos desses suplementos como o Whey Protein, por exemplo, são facilmente encontrados em lojas físicas e na internet.

O suplemento traz a ideia de suprir carências nutricionais ajudando a complementar a alimentação e a desenvolver os músculos, auxiliando também no processo de emagrecimento. São indicados para aumentar os resultados da academia, conferindo um corpo mais firme e bem torneado. Esses suplementos podem, inclusive, ser utilizados para quem quer engordar sem ganhar circunferência abdominal.

Leia mais: Alimentos de fim de ano que auxiliam o sistema respiratório


             Mulher na academia. (Foto: Reprodução/Freepik)


Suplementos mais conhecidos e suas funções

Com tantas ofertas no mercado, é importante saber qual o tipo de suplemento é o mais recomendável pra você. Abaixo está uma lista com alguns desses principais suplementos. Veja:

Whey Protein: É o mais conhecido, ajuda no ganho de massa e na recuperação muscular. O suplemento contribui para o reparo e construção de massa magra após o treino, além do ganho de força em esportistas que praticam exercícios com peso. Estudos mostram que o consumo de whey também auxilia a perda de gordura corporal, quando inserido em uma dieta apropriada para esse objetivo.

Creatina: Auxilia como fonte de energia e, por isso, é indicado para quem pratica treinos mais intensos. É fonte de energia usada pelos músculos em exercícios físicos de alta intensidade e curta duração (predominantemente anaeróbicos), como musculação, saltos e uma corrida de poucos metros.

BCAAS: São aminoácidos de cadeia ramificada e fontes de energia. Os BCAA são: valina, leucina e isoleucina. Durante o exercício, a leucina tem o papel de oferecer mais disposição, adiando fadiga e ainda evitando o comprometimento imunológico do esportista.

ZMA: Repõem o zinco e magnésio e são essenciais para quem levanta peso. O suplemento teria a proposta de potencializar a síntese dessas substâncias no organismo, contribuindo para atletas e esportistas obterem melhores resultados no ganho de massa muscular e na composição corporal.

Glutamina: Fornece energia e atua com catabolizante, fortalecendo o sistema imunológico e minimizando a fadiga muscular. A glutamina é grande responsável por transportar nitrogênio disponível no organismo para as células do tecido muscular. Ou seja, repõe as energias que foram perdidas durante os exercícios.

Ácidos graxos essenciais: Gordura boa, aumenta a massa muscular e ajuda também na fadiga do músculo. Os ácidos graxos essenciais são gorduras (lipídios) essenciais para todas as células do nosso corpo.

Termogênicos: Queimam as gorduras e auxiliam no desempenho do treino. O termogênico pode ser um alimento ou suplemento capaz de estimular seu corpo a produzir mais calor. Essa ação que esse alimento desencadeia no organismo é considerada termogênica.

Hipercalóricos: Para quem tem dificuldade no ganho de massa muscular. Indicados principalmente para as pessoas mais magras que buscam esse objetivo.

Óxido nítrico: Responsável pelo transporte do oxigênio, controle dos níveis de glicose, hipertrofia e produção de energia. É um gás responsável pela restauração e manutenção da saúde.

Caseína: Utilizada para ganho ou manutenção de massa muscular. Fornece ao organismo aminoácidos usados na construção das fibras musculares, incluindo BCAA.

Albumina: Importante na manutenção e construção de músculos e tecidos. Ganho de massa e de força e recuperação muscular.

 

É importante ter um acompanhamento de um nutricionista ou de um médico nutrólogo antes de começar a tomar esses suplementos. As doses devem ser recomendadas de acordo com a dieta e necessidade de proteína de cada pessoa.

 

(Foto Destaque: Academia: Confira os suplementos mais utilizados e seus benefícios. Reprodução/Freepik)

Deixe um comentário