Bem Estar

Covid-19: Quantidade de óbitos e novos casos seguem em queda no Brasil

Foram contabilizados cerca de 27.345 novos casos de covid-19 e 737 mortos nas últimas 25 horas. Ainda hoje (2), a Fiocruz informou a data das próximas entregas do imunizante AstraZeneca.

3 min de leitura
02 Set 2021 - 22h06 | Atulizado em 02 Set 2021 - 22h06

De acordo com o Painel Coronavírus, foram confirmados 27.345 casos novos de covid-19 nas últimas 24 horas com um total de 737 novos óbitos confirmados em decorrência do vírus. A média móvel de mortes é de 644, contabilizando, assim o sétimo dia consecutivo com a média abaixo dos 700. À titulo de comparação, os números seguem em uma crescente, muito abaixo do pico da pandemia que no dia oito de abril chegou à 4.249 óbitos em um único dia.

Entretanto, os cuidados necessários para evitar a contaminação como o distanciamento, uso de máscaras, higienização das mãos e evitar aglomerações precisam ser mantidos e a vacinação continua sendo de extrema importância.

Tendência entre crianças e jovens, Pop It ajudar a aliviar o estresse

A importância da prática de exercícios físicos para uma boa memória e criação de novos neurônios

Segunda dose da CoronaVac e vacinação de adolescentes são suspensas na Cidade do Rio

Entrega das vacinas

Hoje (2) a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) declarou que fará entregas da vacina Oxford/AstraZeneca a partir da semana de 13 a 17 de novembro ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). A produção dos imunizantes está sendo feita a partir de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) que veio importado.


Foto: Covid-19: Quantidade de óbitos e novos casos seguem em queda no Brasil. (Reprodução/ Agência Brasil)


 De acordo com o instituto, o processo de produção e controle de qualidade das doses precisa de três semanas, desse modo as entregas só serão feitas daqui a duas semanas porque a entrega mensal de IFA ocorreu apenas no final de agosto.

Amanhã (3), o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), da fundação irá receber mais um lote do imunizante, produzido pelo laboratório chinês WuXi Biologics. Essa entrega irá viabilizar a produção de, aproximadamente, 4,5 milhões de doses, que serão entregues ainda esse mês ao PNI.

A Fiocruz já entregou 91,9 milhões de doses para o Ministério da Saúde, com um total de 89,9 milhões produzidas no Brasil, em Bio-Manguinhos e 4 milhões importadas e produzidas na Índia. A previsão da fundação é de entregar cerca de 15 milhões de doses ainda no mês de setembro, com chances de reajuste, caso cheguem novas remessas de IFA ao país.

 

Foto destaque: Covid-19: Quantidade de óbitos e novos casos seguem em queda no Brasil. (Reprodução/ Pexels)

Deixe um comentário